Parauapebas

Caso Dayse Dyana: PC apreende centenas de documentos na residência de Samaritano

Diógenes Samaritano, que está preso acusado de matar a esposa Dayse Dyana no último fim de semana em Parauapebas, deve responder por mais um crime. É que a Polícia Civil encontrou cerca de trezentos documentos, entre eles Carteiras de Identidade, DUT’s e Certificados de Registro e licenciamento de Veículos na residência de Samaritano.

Segundo o delegado Gabriel, uma das vítimas de extorsão por parte de Samaritano registrou um Boletim de Ocorrências na Depol informando que o agente do Detran havia apreendido o documento do seu veículo prometendo devolver assim que este lhe repassasse uma quantia em dinheiro. Munido desse B. O.. a polícia solicitou aos familiares da vítima que autorizassem a entrada na casa para verificar se esse documento estava lá. “Foi quando nos assustamos com a quantidade de documentos em posse do suspeito. Fizemos o recolhimento desse material, que será catalogado e devolvido às vítimas que comparecerem à delegacia e registrarem uma denúncia contra Samaritano por extorsão. A Polícia Civil não quer saber se o documento apreendido está em dia ou não, esse papel é do Detran”, disse o delegado.

Samaritano passou por audiência de custódia na segunda-feria (01) e sua prisão foi mantida pelo juiz. Ele está preso na Carceragem do Bairro Rio Verde, em Parauapebas. A princípio, por ser funcionário público, Samaritano iria ficar preso no Quartel da PM até a audiência de custódia, mas o comandante não liberou a cela. Com a manutenção da prisão não restou outra alternativa senão a da carceragem do Rio Verde, onde se encontra à disposição da justiça.

Samaritano ainda não foi ouvido pelo presidente do inquérito, Dr. Gabriel Henrique Alves Costa. “Estamos levantando situações, ouviremos testemunhas, vizinhos, amigos do casal para só depois ouvir o suspeito”, disse o delegado.

6 comentários em “Caso Dayse Dyana: PC apreende centenas de documentos na residência de Samaritano

  1. João Filho Carvalho Responder

    No dia anterior a tragédia causada pelo Samaritano, um outro agente extorquiu um rapaz, ali no fim da Sol Poente, e discutiu com pai do rapaz, que o orientou a multar o filho e devolver seus documentos. O agente é um baixinho moreno. Só percebi Silva no uniforme do agente que estava inquieto enquanto o senhor o acusava de extorsão.

  2. Jacy Bogea Responder

    O agente é famoso por sua arrogância, estupidez, sempre muito agressivo em suas abordagens. A fama de que ele estorquia as pessoas vai longe. Como ele tem muitos aqui no município de Parauapebas, as propinas são cobradas também, por outros homens de FARDA, isso é FATO! Oque se ver por aí é HOMEM FARDADO em pontos estratégicos querendo ganhar um extra dos condutores de veículos inregulares.

    Outro fato, ligar a postura inadequada desse tipo de FUNCIONÁRIO PÚBLICO ao Presidente Jair Messias Bolsonaro chegar a ser ESTÚPIDO!

  3. AR Responder

    Monica,pela quantidade de documentos acredito q essa pratica é anterior ao presidente ter ganhado as eleições,tentar colocar a culpa em alguém que nem se quer sabia da existência dele,que assim como a MAIORIA da população elegeu por voto popular é meio idiota.

  4. Jhonny Dep Responder

    Não e e diferen de muitos outros agentes q usam o poder para extorquir dinheiro de cidadão de bem q precisam de seus transporte para trabalhar

  5. Igor sousa Responder

    Diante dos fatos a meu ver esta investigação deveria prosseguir com os demais agentes.

  6. MONICA Responder

    Pra um cidadão de bem apoiador fanático do Bolsonaro… Ele tá no caminho certo!!!

Deixe seu comentário