Prefeitura de Parauapebas vai asfaltar Ipiranga e construir 250 casas populares

Juntas, as empreitadas vão custar R$ 40 milhões: R$ 23,5 milhões serão direcionados a serviços de drenagem e pavimentação do bairro e R$ 16,8 milhões serão usados no programa habitacional.
Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on twitter
Twitter
Share on print
Imprimir

Continua depois da publicidade

Os serviços de drenagem e pavimentação asfáltica no Bairro Ipiranga prometem agitar a periferia de Parauapebas e dar gás à imagem da gestão do prefeito Darci Lermen, tão duramente criticado por populares nesta sua terceira passagem pelo comando do município. A Secretaria Municipal de Obras (Semob) está tocando um processo licitatório no valor de R$ 23.450.315,34 para garantir infraestrutura àquela comunidade.

Conforme edital do processo, estão previstas pavimentação e drenagem por 16 quilômetros e 300 metros de vias. O sistema de drenagem existente, segundo a Semob, é insuficiente para atender a contento o Bairro Ipiranga e adjacências. A abertura dos envelopes, que ocorreria no último dia 17, vai ser realizada no próximo dia 25 de fevereiro.

Outro importante licitação em andamento foi disparada do Gabinete do prefeito Darci Lermen e diz respeito à construção de 250 casas populares em Parauapebas. O processo tem valor de R$ 16.783.281,48, nasceu no dia 5 de dezembro, ganhou as páginas dos diários oficiais no dia 21 do mesmo mês e em janeiro ficou de acontecer a abertura de envelopes das empresas participantes do certame, que prima pelo menor preço. No entanto, a Prefeitura de Parauapebas ainda não atualizou as informações do processo no portal da transparência.

Relacionados