Borracheiro acusado de estupro é preso e reconhecido pela vítima

O acusado, de cordeiro, só tem o nome. Depois de oferecer carona a uma jovem da idade dele, a levou para a zona rural, onde a violentou
Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on twitter
Twitter
Share on print
Imprimir

Continua depois da publicidade

O borracheiro Elielson Ivan Costa Cordeiro, 19 anos, foi preso no início da tarde de domingo (7), na borracharia de um posto de combustíveis em Parauapebas. Ele é acusado de estupro. O crime aconteceu por volta das 5h da madrugada de sábado (6), quando a vítima, uma jovem, também de 19 anos, participava de uma festa em um clube da cidade.

De acordo com informações da moça, após uma briga na festa ela pegou uma carona com o acusado. Apesar de ter dito que morava no Bairro Cidade Nova, Elielson não deu ouvidos e a levou para a Vila Palmares I, onde, sob ameaças, segundo jovem, cometeu o abuso sexual. 

O caso foi denunciado à polícia pela própria vítima. Com base nas informações passadas pela moça, quanto às características de Elielson Cordeiro, o namorado dela realizou levantamento conseguindo encontrar o acusado trabalhando em uma borracharia tranquilamente, como se nada tivesse acontecido.

Preso pela equipe do delegado plantonista e reconhecido pela vítima, Elielson se encontra à disposição da Justiça. Procurado pela Reportagem para contar sua versão ou se defender, o acusado preferiu o silêncio. (Caetano Silva)

Publicidade

Relacionados