Avanco inicia decapeamento de projeto de cobre em Parauapebas

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

Continua depois da publicidade

A Avanco Resources disse, na segunda-feira (12), que iniciou a fase de decapeamento na cava da mina de cobre Antas. Essa fase, realizada pela Maca Mineração, antecede a lavra e é considerada um dos mais importantes marcos do projeto. A mina, que fica em Parauapebas, tem investimento estimado em US$ 60 milhões.

Cerca de um terço do decapeamento necessário foi concluído, segundo a empresa, em direção à camada de sulfeto que está 15 metros abaixo da superfície.De acordo com o comunicado da companhia, o projeto acumula 50% de progresso e tanto o orçamento quanto o prazo estão dentro do planejado. A planta deve ser comissionada no primeiro trimestre de 2016.

avanco_filtragem

Cerca de 75% do investimento de capital da construção já foi executado, sendo que a terraplenagem foi concluída e 80% das obras civis foram executadas. A instalação do circuito de britagem se aproxima da fase de completação, enquanto as conexões elétricas e a reticulação se aproximam da conclusão.

A construção da drenagem e filtragem das instalações para gestão de rejeitos (TMF, na sigla em inglês) foram finalizadas. Aproveitando o “verão” paraense, quando não há chuvas, a bacia para contenção de rejeitos foi levantada e compactada e será concluída antecipadamente, em novembro.

A instalação das linhas de transmissão está em andamento e o “acesso a energia elétrica que vai facilitar as atividades de construção deve ocorrer em breve”, diz a nota. Segundo a empresa, que opera no Brasil por meio da Avanco Resources Mineração, a desvalorização do real reduziu de forma significativa o custo e o risco do empreendimento.

“A equipe de construção da Avanco está trabalhando de forma muito efetiva, foi ampliada e relata de forma contínua o progresso do empreendimento”, diz a mineradora no comunicado. O diretor executivo Tony Polglase está no site de construção para dar apoio ao processo de prontidão operacional.

Do ponto de vista comercial, a conclusão de contratos de venda antecipada, do tipo off-take, devem acontecer em dezembro. A unidade da Avanco tem produção estimada de 12.000 toneladas por ano de cobre e 7.000 onças de ouro.

Publicidade