Assaltante preso pela PM em Parauapebas tinha dois mandados de prisão contra si

Homem preso após assaltar estudantes responde pelos crimes de furto e violência doméstica e tem prisão decretada duas vezes pela Justiça Estadual
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

Continua depois da publicidade

O indivíduo George Carvalho da Silva foi preso por volta das 21h30, de ontem, terça-feira (26), após ter assaltado quatro estudantes que acabavam de sair da Escola Estadual “Euclides Figueiredo”, no Bairro Cidade Nova, em Parauapebas. De acordo com as vítimas, elas caminhavam na esquina da Rua 9 com a Rua B quando foram abordadas pelo acusado, que pilotava uma Honda Biz, preta, placa JWB-1692/Parauapebas (PA).

Além de uma mochila e três celulares tomados das estudantes, outros quatro aparelhos foram encontrados pela Polícia Militar com ele e entregues da 20ª Seccional Urbana de Polícia Civil, ao delegado plantonista Dufrae Abade.

Uma guarnição da PM fazia ronda pela Rua A, quando percebeu um homem em atitude suspeita numa motocicleta Biz. Ao vislumbrar os carros da polícia, ele acelerou a moto e fugiu, mas foi apanhado na esquina da Rua São Paulo com a Rua 10, quando caiu da moto.

Na Delegacia de Polícia, em rápida verificação no Banco Nacional de Mandados de Prisão (BNMP), o delegado constatou que George Carvalho da Silva tinha contra si dois mandados de prisão ainda não cumpridos: um por infringir o artigo 157 do Código Penal Brasileiro, por roubo, e  outro por ter cometido violência doméstica, enquadrado no artigo 129 da Lei 11.340 (Maria da Penha), ambos expedidos pela Justiça de Parauapebas.

(Caetano Silva)

Publicidade