Altamira: Fazendeiro reage a assalto; é baleado, mas persegue e mata criminosos atropelados

A tentativa de assalto aconteceu na tarde desta terça-feira (25). A vítima foi socorrida e está internada em estado grave no Hospital Regional da Transamazônica
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print
A caminhonete ficou com frente destruída após fazendeiro atingir assaltantes e colidir contra muro

Continua depois da publicidade

Um fazendeiro reagiu a uma tentativa de assalto, foi baleado e, mesmo ferido, perseguiu os bandidos e conseguiu atropelar os criminosos, que foram imprensados contra um muro e deles morreu na hora esmagado. O outro ainda foi socorrido, mas morreu pouco depois. O caso aconteceu na tarde desta terça-feira (25) em Altamira, no sudoeste do Pará.

Segundo informações de testemunhas, o fazendeiro, identificado como Wilson José de Queiroz, seguia em uma caminhonete Hilux por uma via do Bairro Jardim Independência I, na periferia da cidade, quando foi abordado por dois homens, que estavam em uma motocicleta. A dupla apontou uma arma para ele e anunciou o assalto.

Nessa hora, o fazendeiro reagiu e foi alvejada com dois tiros. Mesmo ferido, ele seguiu dirigindo em perseguição aos assaltantes e conseguiu jogar a caminhonete contra os dois, que foram imprensados contra um muro de uma residência.

Um deles morreu no local com uma perna dilacerada e o outro, que teve o pé arrancado, ainda chegou a ser socorrido, mas não resistiu. De acordo com testemunhas, o fazendeiro, que também trabalha com locação de máquinas pesadas, estava transportando R$ 90 mil, que seria o alvo dos criminosos.

Ele foi baleado no rosto e no pescoço e foi levado por familiares para uma Unidade de Pronto Atendimento, de onde foi transferido para o Hospital Regional Público da Transamazônica em estado grave. A arma utilizada pelos assaltantes, uma pistola ponto 40, de uso exclusivo das forças de segurança pública, foi apreendida pela Polícia Civil.

Tina DeBord

Publicidade