Esportes

Águia de Marabá vai completo para cima do Paysandu em busca da classificação

O Águia de Marabá tem uma decisão na décima e última rodada da fase de classificação do Campeonato Paraense de 2019. O Azulão Marabaense encara o Paysandu, único time invicto do estadual, no próximo domingo (31), às 16h, no Estádio Zinho Oliveira, em Marabá. O time do técnico João Galvão depende somente de si para avançar as semifinais do Parazão, basta a equipe do sudeste vencer o time da capital Belém.

Se caso ocorrer uma vitória do Papão, ou um empate, o time marabaense terá que secar a equipe do Bragantino, que enfrenta o Independente, no mesmo dia e horário, no Estádio Olímpico São Benedito, o Diogão, em Bragança. Havendo um revés do Águia e acontecendo uma vitória do Tubarão ou um empate, o Tubarão do Caeté que fica com a vaga para as semifinais do Parazão.

O técnico João Galvão terá o time completo para o confronto diante dos bicolores, inclusive com o atacante Júnior Rato, destaque da equipe, que sofreu um estiramento de grau I na coxa direita, mas já se recuperou e começou a treinar normalmente com o restante do grupo. O zagueiro Guilherme Almeida, que sentiu um desconforto muscular, também está recuperado e pode aparecer como titular na zaga aguiana.

O treinador do Azulão vai arrumando a equipe e fazendo mistério quanto a onzena titular, já que os treinamentos estão ocorrendo de portões fechados no Estádio Zinho Oliveira. A diretoria espera casa cheia e acredita na classificação do Águia para as semifinais. Os ingressos já estão sendo vendidos nos valores de R$ 50 a arquibancada coberta, e R$ 20 as arquibancadas populares.

“A gente colocou na nossa cabeça que só dependia de nós nos dois jogos que faltavam. O primeiro já foi contra o Independente e vencemos e agora falta o jogo contra o Paysandu no domingo. Vamos ter humildade, ainda não ganhamos nada e não conseguimos a classificação ainda, não é nada fácil. Vamos continuar trabalhando com os pés no chão, com humildade, com foco durante a semana para tentar a classificação dentro de Marabá”, afirmou João Galvão, técnico do Águia.

Por Fábio Relvas / Foto: Gustavo Campos

Deixe seu comentário