Águia de Marabá vai até o Barbalhão enfrentar o São Raimundo pela 5ª rodada do Parazão

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

Continua depois da publicidade

Por Fábio Relvas, com informações da assessoria de comunicação do Águia

Com quatro pontos, após uma vitória, um empate e duas derrotas dentro da Chave A1, o Águia de Marabá já está em Santarém para o seu próximo compromisso no Campeonato Paraense de 2018. O Azulão entra em campo pela 5ª rodada diante do São Raimundo, às 17h, deste domingo (04), no Estádio Jader Barbalho, o Barbalhão. O técnico João Galvão vai ter todos os jogadores à disposição.

A delegação marabaense viajou nesta sexta-feira de ônibus para a capital Belém, de onde o time pegou um avião rumo ao oeste do estado. Com isso, o Águia percorreu cerca de mil quilômetros visando o seu próximo compromisso no estadual. O técnico João Galvão faz mistério quanto a escalação da onzena titular, preferindo divulgar somente minutos antes da bola rolar.

O time vem de duas derrotas consecutivas no Parazão: quando perdeu para o Clube do Remo, por 2 a 0, no Mangueirão, e na última rodada caiu para o Parauapebas pelo placar de 1 a 0, no Estádio Rosenão. Apesar da sequência negativa, o time não se abateu e vai buscar os três pontos fora de casa diante do Pantera. Galvão conseguiu um tempo maior de preparação para o jogo, tendo como recuperar a condição física de seus atletas. Os jogadores estão confiantes.

“Estamos trabalhando firme e forte para consertar os erros que cometemos nas últimas partidas. Temos feito jogos longe da maioria da nossa torcida e estamos na expectativa pelo jogo do dia 20, quando queremos que a torcida venha nos apoiar, gritar e incentivar, pois motiva bastante os jogadores”, disse o goleiro Bernardo, que vem sendo titular nas últimas partidas.

Os jogadores do Águia e a comissão técnica estão torcendo para que o Estádio Zinho Oliveira fique pronto para o duelo da 7ª rodada, contra o Paragominas. Na tabela, o jogo está marcado para Marabá, mas vai depender das condições do estádio, que segue com as obras a todo vapor: já foram colocadas todas as placas de grama, mas em determinadas partes, o gramado segue morto. As traves já foram recolocadas e o serviço de recuperação dos vestiários já está bem adiantado.

“Sobre o próximo jogo, nossa intenção é fazer um recreativo no Colosso do Tapajós para reconhecimento do campo antes da partida. Nós estamos observando a obra, e na contagem regressiva para o dia 20 de fevereiro, quando nós esperamos que o Águia finalmente jogue em casa, no Estádio Zinho Oliveira. Com o jogo de domingo contra o São Raimundo, serão cinco jogos fora de casa”, afirmou João Galvão, técnico do Águia.

Publicidade