Zito: a aposta do PDT para Canaã dos Carajás

Reunião realizada pelo partido referenda o nome do ex-vereador e secretário municipal de Obras à disputa pela prefeitura, em 2020
Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on twitter
Twitter
Share on print
Imprimir

Continua depois da publicidade

Faltando 13 meses para as eleições municipais, o mundo político começa a se debruçar sobre o tabuleiro e mexer as pedras para definir os futuros candidatos a prefeito e a vereador. O MDB, por exemplo, já decidiu que o presidente da Assembleia Legislativa, deputado Dr. Daniel Santos, filiado nesta sexta-feira (31) ao partido, vai concorrer à Prefeitura de Ananindeua, acabando com o sonho do atual líder do governo, deputado Chicão, de ocupar a cadeira do Executivo.

A agitação política também tem sido grande em Canaã dos Carajás, município do sudeste do Pará considerado o mais promissor na mineração e que também nesta sexta-feira movimentou lideranças políticas. Dessa vez, foi a reunião do PDT, ocorrida na Câmara de Vereadores – uma ocasião de filiação política e, sobretudo, para a apresentação do pré-candidato a prefeito Zito Augusto Correia, nome que tem sido o principal assunto nas rodas de conversas em Canaã dos Carajás.

Presentes, estavam as lideranças não apenas do município, mas também de Parauapebas, Marabá, Eldorado dos Carajás e Curionópolis. O presidente estadual do PDT, Geovanni Queiroz, fez questão de estar presente para destacar o “perfil trabalhador” de Zito, que tem a simpatia de partidos como o PT e o Solidariedade. Ambos sinalizaram a possibilidade de uma aliança de apoio ao pedetista, para as eleições municipais.

Quem é Zito?

Era a década de 80 quando Zito Augusto Correia migrou com sua família para Canaã dos Carajás, que à época era Centro de Desenvolvimento Regional II (Cedere II), onde pouco mais de 1,5 mil famílias estavam assentadas. Ali, Zito se consolidou como uma das principais lideranças, ficando conhecido como a voz das causas sociais.

Teve ampla militância no município e ajudou a fundar o Sindicato dos Trabalhadores em Educação Pública do Pará (Sintepp), assim como conselhos e outras entidades populares. Em 2001, Zito sofreu um atentado que ganhou repercussão internacional, e sua luta ganhou projeção nacional.

Ele se destacou em dois mandatos como vereador, sempre em defesa de causas populares. Após deixar o Legislativo municipal, Zito passou a ser um dos principais articuladores da candidatura do atual prefeito de Canaã, Jeová Andrade, que, com a vitória nas urnas, convidou o pedetista para assumir a Secretaria de Obras, onde trabalhou de 2013 a 2016.

À frente da secretaria, Zito ganhou reconhecimento político e popular ao ultrapassar a meta do governo de construir 100 quilômetros de asfalto: construiu 104 quilômetros, além da realização de outras obras de transporte que garantiram a melhoria em Canaã dos Carajás.

Relacionados