Marabá

Violência diminui entre Marabá e Parauapebas e comandantes comemoram

Em entrevista coletiva, Secretaria Regional agrega PC e PM para balanço das ações de segurança

Reunir os órgãos de segurança do Estado e colocá-los para falar a mesma língua nunca foi fácil. A nova configuração da Secretaria Regional de Governo do Sudeste do Pará está conseguindo, até aqui. Nesta Quinta-feira, 14, João Chamon Neto, o novo titular da pasta, agregou na mesma sala os comandantes regionais da Polícia Militar, Corpo de Bombeiro e Superintendência da Polícia Civil para apresentar à Imprensa um balanço comparativo dos dados de segurança no período do carnaval entre os anos de 2018 e 2019.

Os dados apontam uma significativa redução nos índices de criminalidade e violência no período carnavalesco dos anos analisados. O encontro aconteceu na sede da Secretaria, em Marabá. Conduzida pelo Secretário Regional de Governo, João Chamon Neto, a coletiva teve a participação do Coronel Marco Antônio de Oliveira Cidon – Chefe do Departamento Geral de Operações da PMPA; Tenente Coronel Juniso – Comandante do CPR 2;  Tenente Coronel Deyvid Sarah Lima – Comandante do 4º BPM; Coronel Furtado – Comandante do 34º BPM; Tenente Coronel Gladson – Comandante do 23º BPM Parauapebas; Major Portilho – Comandante do 5º GBM; Major Paulo César – Sub Comandante do 5º GBM; Delegado de Polícia Civil Thiago Carneiro – Superintendente Regional da Polícia Civil e jornalistas dos principais veículos de imprensa de Marabá e região.

Chamon destacou a importância dos dados positivos da Operação Carnaval 2019, observando que os dados são reflexo de uma atuação integrada das instituições, que trabalharam de forma árdua e ininterrupta para garantir mais segurança para a população. O chefe do Departamento Geral de Operações da PM no Estado, coronel Marco Antônio de Oliveira Cidon, apresentou os dados estatísticos levantados pela Secretaria de Estado de Segurança Pública e Defesa Social (SEGUP), coletados nas cinco regiões de Segurança Pública (RISP): 7ª RISP (Paragominas), 9ª RISP (Tucuruí), 10ª RISP (Marabá), 13ª RISP (Redenção) e 14ª RISP (São Félix do Xingu) englobando os 39 municípios do Sul e Sudeste do Estado do ano passado para cá.

Durante o período da folia de Momo, em 2018, foram registrados 223 roubos, já em 2019 o número caiu para 100 ocorrências em 2019, um percentual de 55% a menos em relação ao ano anterior. Quanto aos furtos houve uma redução de 27%, passando de 290 casos no ano anterior para 211 neste ano. Os dados da SEGUP também registram queda nos números de homicídios, sendo 7 casos em 2019, nove a menos em relação aos 16 ocorridos  2018, uma redução de 56%.

Em relação ao tráfico de drogas houve o registro de 23 casos durante o período de carnaval, contra apenas 12 no ano passado. Neste caso, o aumento é positivo, uma vez que houve a crescente de 92% no número de prisões e apreensões de entorpecentes. Já com relação ao crime de estupro foi percebido um aumento no comparativo dos períodos analisados. Seis ocorrências foram registradas em 2019, sendo 5 em 2018, resultando em aumento de 20%.

Para o comandante Geral da PM no Pará, o resultado foi muito positivo, principalmente na região polo de Marabá, onde devido ao reforço no policiamento, os números apresentaram uma queda de 42% das ocorrências de furtos, caindo de 77 no ano passado, para 52 em 2019. Os roubos também tiveram forte queda, sendo 28 em 2019, contra 71 no ano anterior, uma queda de 49%. O coronel Cidon destacou também a ocorrência zero no número de homicídios em Marabá neste carnaval, considerando os 3 assassinatos ocorridos em 2018.

Major Gledson Melo disse que na região de Parauapebas o trabalho de policiamento durante o Carnaval também foi intensificado e o resultado foi a diminuição dos índices de violência. Garantiu que as ações vão continuar para que os resultados sejam a pacificação e sensação de segurança maiores para a população.

Um comentário em “Violência diminui entre Marabá e Parauapebas e comandantes comemoram

Deixe seu comentário