Valmir da Integral deixa o PDT e é aguardado no PSDB para disputar eleição em 2012

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

Continua depois da publicidade

PDT não se juntará a JATENE, que é contra o Carajás. Valmir da Integral deixa a legenda

Depois de várias especulações e afirmações de muitos políticos da cidade de que Valmir da integral iria deixar o PDT, tudo foi confirmado na noite desta quarta feira (14) em reunião do diretório com Valmir. Reunião que alias, só aconteceu depois de muita insistência por parte do presidente da legenda, JB. Já que Valmir ainda só não havia falado de sua saída para partido, mas para quem lhe perguntasse, ele já se dizia fora do PDT.

Em outras duas conversas com as lideranças do partido, Valmir já havia especulado uma possível aliança entre PSDB e PDT, mas que isso só seria possível, se ele estivesse no PSDB, pois ouvira da boca do próprio JATENE que no PDT ele não o apoiaria, já que não gosta do Deputado federal do PDT e presidente estadual, GIOVANNI QUEIROZ, visto que Giovanni, é o principal símbolo da criação do Estado do Carajás e também, foi quem entrou com um processo contra JATENE quando este foi Governador pela primeira vez e este, usou o avião do Governo em sua campanha,  na época Giovanni pediu sua cassação. Que alias, cumpriu seu papel como qualquer Deputado eleito pelo povo tem que fazer. Outro argumento é de que a VALE está do “lado” do Governador e segundo o próprio Valmir, recebeu a visita do Sr. José Carlos, figura importante da mineradora, que o convidou a filiar no PSDB de JATENE, e como Valmir é empresário que depende exclusivamente da VALE, ele não disse com todas as letras, mas  também achou que seria conveniente.

Depois da fala de Valmir na reunião desta quarta, ele foi questionado por todos os militantes do partido, sobre sua infidelidade, uma vez que o PDT trabalhara a sua campanha em 2010, praticamente sem dinheiro, investindo o que não tinha, e que, diga-se de passagem, o próprio Valmir foi o que menos ajudou financeiramente em sua própria campanha, nem ao menos a sua família participou. Um exemplo, é que seu próprio filho não colocou nem se quer um adesivo do pai no carro. Mesmo depois da sabatina, de ouvir que era um homem inconfiável, que já mostrou isso por todos os partidos que passou, como; PSB, PTB E AGORA PDT, e que não tivera a coragem de jogar aberto com o grupo, Valmir sem argumentos, somente agradeceu levantou e saiu.

O Posicionamento do PDT, segundo o presidente, JB é de que manterá sua posição; continuar lutando pela criação do Estado do Carajás e jamais se juntar a JATENE e sua administração, que além de ser contra o Carajás, ainda nos causou um grande mal, junto com o PSDB, quando no governo Almir Gabriel, do qual Jatene fazia parte e foi indicado a suceder, privatizaram a REDE CELPA e deixaram a mercê de uma empresa irresponsável e sem ter de quem cobrar, toda a população de Parauapebas e região.

Quanto à eleição de 2012; o PDT terá candidato a Prefeito e vereadores e fará uma campanha transparente, de cabeça erguida e com projetos possíveis de se fazer, com definições de prioridades, sem alienar a Prefeitura, como já foi feito por vários Governos por aqui, que engessaram seus mandatos, sendo financiados por políticos e empresários aproveitadores que só aparecem por aqui, em época de campanha, quando precisam de dinheiro e votos. Muito em breve sairá um nome de dentro do partido, que disputará a eleição de 2012.

No fim todos saíram com o mesmo discurso:  “Melhor que Valmir tenha saído agora, do que venha a nos envergonhar depois, devendo favores a pessoas de má fé e se juntando a quem tanto luta para nosso sonho não virar realidade, o ESTADO DO CARAJÁS”.

Fonte: Folha do Sudeste

Publicidade