Um monstro chamado de pai abusava de 5 crianças na zona rural de Goianésia

O acusado havia anos estuprava quatro filhas e um filho, com idades entre quatro e 13 anos
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

Continua depois da publicidade

A Polícia Civil do município de Goianésia do Pará prendeu um homem acusado de cometer abusos sexuais contra quatro filhas e um filho. Francisco Soares da Silva, de 51 anos de idade, se diz macumbeiro na Vila Janari, localizada a 66 quilômetros da zona urbana, e ameaçava as vítimas para cometer os crimes.

Os policiais cumpriram Mandado de Prisão Preventiva por ordem da Justiça de Goianésia do Pará, na região sudeste do Estado, na manhã de ontem (14). Francisco não reagiu à voz de prisão. Ele está recolhido a uma carceragem da Delegacia local e à disposição do Sistema Penitenciário do Pará.

Conforme apurou a Reportagem, Francisco Soares era investigado pelos crimes de abusos sexuais cometidos contra cinco crianças, entre elas uma do sexo masculino, com idades entre 4 e 13 anos.

O acusado vivia numa residência localizada na Vila Janari e a situação do lugar era de penúria. Ocasionalmente, a família recebia cestas básicas de alimentos. Para amedrontar os filhos, ele utilizava o artifício de macumbeiro e assim estuprar as crianças.

Os atos libidinosos contra as cinco crianças vinham ocorrendo havia vários anos. As vítimas estão recebendo assistência psicológica e apoio das autoridades de Goianésia do Pará.

(Antonio Barroso)