Carro da Prosegur sofre tentativa de assalto na Rodovia PA-150

Apesar de pesado ataque, os bandidos não conseguiram seu objetivo. Os vigilantes da transportadora de valores agiram à altura e frustraram o bando
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

Continua depois da publicidade

Um grupo de pelo menos dez assaltantes participou de uma ação criminosa na tarde desta quinta-feira (15), na Rodovia PA-150. O alvo foi um carro forte de transportes de valores, que trafegava a cerca de 20 quilômetros da cidade de Jacundá. Ninguém ficou ferido. Equipes de Delegacia de Repressão a Roubos a Banco e Antissequestro (DRRBA), vinculada à Divisão de Repressão ao Crime Organizado (DRCO) conduzirá a investigação.

Os nomes das vítimas estão sendo mantidos em sigilo por questões de segurança. Um dele conversou informalmente com a Reportagem e contou os momentos de tensão. Era por volta de 14h de hoje quando o veículo de transportes de valores da empresa Prosegur saiu da cidade de Jacundá com destino à Marabá. Vinte quilômetros depois, o motorista percebeu centenas de artefatos pontiagudos espalhados na pista. “Tive que sair desviando e já nós preparamos para o que viria”.

Em seguida uma saraivada de tiros começou a acertar a lateria do carro forte. Marcas dos disparos estão no para-brisa, faróis e rodas. Em nenhum momento o motorista parou o veículo, enquanto os seguranças revidavam ao intento dos assaltantes, que não conseguiram sucesso.

O bando estava em três carros, entres eles um Fiat Uno e uma Chevrolet Blazer. Esta foi abandonada na rodovia com aproximadamente 40 quilos de dinamite. Os assaltantes conseguiram fugirem sem levar os valores transportados. E os funcionários da empresa passam bem. A tentativa de assalto será investigada pela DRCO.

(Antonio Barroso)