Tucuruí: CTTUC destrói 130 escapamentos kadrons apreendidos no município

Os dispositivos, que emitem muito barulho, foram destruídos na manhã desta sexta-feira (24). O uso de escapemanto sem silenciador é proibido pela legislação de trânsito no país, por causar poluição sonora
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

Continua depois da publicidade

A Companhia de Trânsito e Transporte Urbano de Tucuruí (CTTUC) destruiu, na manhã desta sexta-feira (24), 130 escapamentos kadrons que foram apreendidos em operações realizadas em parcerias com as secretárias municipais de Segurança Pública e Meio Ambiente, assim como Polícia Militar e Guarda Municipal. A apreensão das peças está em conformidade com o Código de Trânsito Brasileiro (CTB), que proíbe, em seu art. 230, a condução de veículo com escapamento livre ou silenciador de motor de explosão defeituoso, deficiente ou inoperante.

O Conselho Nacional de Meio Ambiente (Conama) também veda a substituição de sistemas de escapamento por outros que ultrapassem os níveis de ruído originalmente obtidos e declarados pelo fabricante do veículo. Os equipamentos foram destruídos em uma área da Orla da Nova Matinha por um rolo compressor.

“Passamos um rolo compressor para garantir a total destruição dos equipamentos, de forma que não seja devolvido aos infratores para que não haja a retomada da prática dos ilícitos”, ressaltou o diretor da CTTUC, Sandoval Filho.

Segundo ele, a intenção é diminuir o máximo possível os agentes de incômodo do sossego público. “A CTTUC e demais órgão continuarão as ações de fiscalização no município, principalmente durante os finais de semana. Deixo o recado para que os condutores andem dentro da lei, para que não venham ser penalizados com multas e apreensões. O trânsito é para todos e a população precisa ter sossego”, avisa do diretor.

Em maio deste ano, a CTTUC fez a destruição de 120 espamentos kadrons, que foram apreendidas nos primeiros cinco meses de 2021.

Tina DeBord