Esportes

Torcidas do Vasco da Gama em Parauapebas lamentam a morte de Eurico Miranda

Morreu no inicio da tarde desta terça-feira (12), em um hospital na Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro, o ex-presidente do Club de Regatas Vasco da Gama, Eurico Miranda, aos 74 anos, vítima de câncer no cérebro. Atualmente, o polêmico cartola Eurico era presidente do Conselho de Beneméritos do Gigante da Colina. O treino do elenco profissional, que estava marcado para a tarde desta terça- feira, em São Januário, ao comando de Alberto Valentim, foi cancelado.

O velório vai ocorrer na Capela Nossa Senhora das Vitórias, que fica localizado na sede do clube e será aberto ao público para a despedida. Já o sepultamento está marcado para a tarde desta quarta-feira (13), no cemitério São João Batista, somente com a presença de familiares. Eurico deixou quatro filhos e sete netos.

O Vasco da Gama tem uma imensa torcida em todo Brasil e segundo pesquisas é a quinta maior do país. Após a notícia da morte de Eurico Miranda, ex-presidente do clube cruzmaltino, milhares de torcedores se manifestaram em suas redes sociais lamentando a partida do cartola, assim como o craque Romário, grande ídolo do clube. As duas torcidas organizadas da cidade de Parauapebas, sudeste do Pará, também se pronunciaram a respeito da perda.

“Querendo ou não, com a perda do Eurico Miranda é uma parte da história do Vasco que vai com ele, história com momentos de glórias como diretor e péssimas como presidente, mas é história, não pode ser apagada e como qualquer história quando se perde um pedaço é um momento de tristeza”, afirmou Gabriel Rodrigues,  natural do Rio de Janeiro, 30 anos, professor de educação física e presidente da Guerreiros Vascaínos de Parauapebas, que hoje conta com 208 membros.

Outra torcida vascaína muito conhecida na cidade é a UVP (União Vasco Parauapebas), fundada em 2014 e sempre vem ganhando novos membros nos encontros das partidas do clube. Joana Santos, 53 anos, que é natural de São João dos Patos, no Maranhão, faz parte da torcida desde o início e lembrou que o ex-presidente fez muita coisa boa pelo clube, mas afirma que teve momentos ruins do cartola.

“O Eurico Miranda tinha uma relação amor e ódio, é triste, mais para nós do Vasco da Gama, o que nos resta é agradecer pelas coisas boas que ele fez e esquecer as ruins que foram muitas. Aprendemos a ser cada vez um gigante”, disse Joana Santos, gestora financeira, no momento aposentada, que faz parte da diretoria da União Vasco Parauapebas, onde conta atualmente com 197 membros.

Torcida UVP (União Vasco Parauapebas)

Os encontros da torcida Guerreiros Vascaínos acontecem na distribuidora do JB, na rua Ipiranga, quadra 93, lote 13, na Praça Popular 1. Já a União Vasco Parauapebas reúne a galera no espetinho D’Boa, na avenida Castanheira, quadra 46, lote 02, no bairro Tropical. As duas torcidas convidam a massa vascaína para torcer contra o Avaí-SC, nesta quinta-feira (14), às 21h30, em partida válida pela Copa do Brasil. Os telões estão prontos e todos os olhares estarão voltados para o Estádio de São Januário.

Por Fábio Relvas

Deixe seu comentário