Internet de qualidade é WKVE Liga você ao mundo!
Breu Branco

Temor de ser preso encoraja diarista ao suicídio

Francisco Morais teria agredido a própria mãe e havia passado três dias na prisão, em Breu Branco

Na cidade de Breu Branco, o trabalhador diarista Francisco Morais da Silva, 48 anos, foi encontrado enforcado em sua casa. O suicídio aconteceu na quarta-feira, 18. O medo de voltar a ser preso teria sido a motivação do crime.

Chico, como era conhecido, morava à Rua Pastor Oliveira, Bairro Santa Catarina e, segundo familiares, ele teve um desentendido com sua mãe, que acabou registrando um Boletim de Ocorrência contra o filho.

O homem chegou a ser preso por três dias, e liberado pela Justiça para responder pelo crime de agressão física em liberdade. Dias depois, a genitora do suicida retirou a queixa contra ele.

No início desta semana, Chico recebeu um comunicado da Justiça, o qual pedia seu comparecimento perante o juiz da Comarca local. “A partir daí, ele entrou em pânico pensando que se tratava de um mandado de prisão”, contou um familiar que pediu para não ser identificado.

A família não acreditou quando Chico teria dito que acabaria com sua vida. E na tarde desta quarta-feira, quando sua esposa se preparava para sair de casa, ela fez um questionamento: “você vai precisar da bicicleta? O marido respondeu que não, afirmando que só iria precisar de uma corda”, contou Raimunda Morais.

“No momento, eu pensei que ele iria armar a rede no fundo do quintal como de costume, e quando cheguei ele estava lá dependurado numa árvore, já sem vida”, relembrou, com muita angústia.

Antonio Barroso

Deixe uma resposta