Internet de qualidade é WKVE Liga você ao mundo!
Tucuruí

Tarde de domingo tensa em Tucuruí com assalto e reféns

A ação imediata da Polícia Militar e da Polícia Civil, entretanto, frustrou a inciativa dos criminosos, que foram obrigados e liberar os reféns e se entregarem

Domingo, uma da tarde. Tudo parecia tranquilo nas ruas da cidade de Tucuruí. Parecia. Nesse horário, quatro assaltantes resolveram praticar um assalto a Lojas Americanas. Eles não contavam com uma ação rápida da Polícia Militar. Coagido, o grupo fez reféns e exigiu a presença da Imprensa e familiares. Após mais de uma hora de negociação, eles se entregaram. De acordo com informações da Polícia Civil, no início da tarde de domingo, 30, por volta das 13h, as polícias civil e militar conseguiram prender em flagrante dois assaltantes e apreender, também em flagrante, dois adolescentes, no momento em que eles praticavam o roubo. Sem êxito na fuga, fizeram reféns no interior das Lojas Americanas, localizada na Avenida  Lauro Sodré.

Uma guarnição da Polícia Militar realizava o patrulhamento da avenida quando percebeu a movimentação suspeita dos assaltantes. Os militares entraram em ação e pediram reforço. Uma equipe da Polícia Civil atendeu ao chamado e deu apoio na diligência. O local onde estava ocorrendo o crime foi isolado pela polícia e começou então uma tensa negociação.

Veja também:  Bando tenta roubar malotes de dinheiro no Aeroporto de Tucuruí e é recebido a bala

Os assaltantes fizeram ao menos quatro pessoas reféns – entre clientes e funcionários – e se esconderam em um compartimento da loja quando perceberam a impossibilidade de fuga. Um policial civil e outro militar assumiram as negociações. Após quase uma hora, os reféns foram libertados ilesos e os criminosos se entregaram, sendo presos. E sem a presença de familiares e Imprensa como haviam exigido.

Com os criminosos, os policiais apreenderam dois revólveres calibre 38 municiados, luvas e máscaras usadas no assalto, o dinheiro roubado e duas motocicletas Honda Pop de cor branca, ambas também roubadas.

Gabriel Oliveira da Silva, 19 anos, e Antônio Carlos Caldas Viana, 22, foram presos;  e dois adolescentes, um de 16 e outro de 17 anos, apreendidos. Os maiores de idade responderão pelos crimes de roubo majorado pela utilização das armas de fogo e pelo cerceamento da liberdade das vítimas, pelo porte ilegal das armas de fogo, pela receptação das motocicletas roubadas e pela corrupção de menores.

Deixe uma resposta