SINE acata Recomendação do MPT sobre anúncio discriminatório de emprego

Em Parauapebas, Instituição divulgava vaga que exigia que candidato fosse do sexo masculino
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

Continua depois da publicidade

O Ministério Público do Trabalho em Marabá expediu Notificação Recomendatória ao Sistema Nacional de Emprego – SINE – de Parauapebas, após denúncia de que a instituição estaria divulgando vaga de emprego com teor discriminatório. O anúncio seria referente à oportunidade na área de auxiliar de Tecnologia da Informação e continha a exigência de que os candidatos fossem do sexo masculino.

O SINE acatou a recomendação feita pelo MPT, que previa a cessação de divulgação, por qualquer meio de comunicação, de anúncio de emprego ou estágio havendo referência ao gênero dos candidatos e quaisquer outras formas discriminatórias. A instituição deveria ainda retratar-se publicamente sobre o equívoco na delimitação da vaga denunciada e comunicar ao MPT caso alguma empresa a procure a fim de veicular anúncio de emprego ou estágio contendo restrição que caracterize discriminação de gênero, raça, idade, religião, orientação sexual etc.

No prazo de 15 dias após o recebimento da Notificação, o SINE Parauapebas apresentou ao MPT retratação pública e comprovou a interrupção da divulgação de anúncio de emprego discriminatório.

Recomendação

De acordo com a recomendação expedida pelo MPT, a ocorrência fere os artigos 5º, 7º e 231 da Constituição Federal, que estabelece a igualdade formal entre as pessoas, além de vedar todo e qualquer comportamento discriminatório, baseando-se na dignidade da pessoa humana e na busca de uma sociedade livre de qualquer preconceito, justa e solidária. A própria Organização Internacional do Trabalho – OIT, nas convenções 100 e 111, consideradas fundamentais, prevê a eliminação da discriminação em matéria de emprego e ocupação.

Publicidade