Servidores administrativos da Semsa irão trabalhar em horário normal

Em vez de 6 horas, eles vão cumprir agora a carga de 8 horas por dia, para melhor acompanhar atendimento à saúde.
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

Continua depois da publicidade

O secretário municipal de Saúde, Gilberto Laranjeiras, baixou portaria aumentando de 6 para 8 horas diárias a carga horária de todos os servidores administrativos da Semsa, o que gerou muitas queixas entre a categoria. Para modificar o horário, o secretário se respaldou na Portaria nº 1137 assinada agora em setembro pelo prefeito Darci Lermen, que dispõe sobre a carga horária do funcionalismo público de Parauapebas.

“No dever de garantir o melhor funcionamento dos serviços de saúde não restou outra alternativa se não a de manter a carga horária de 8h diárias de trabalho”, justifica Gilberto Laranjeiras em áudio divulgado via whatsApp para os servidores, em que pede a compreensão da categoria para a nova regra.

Compreensão essa que está ligada ao horário de funcionamento do atendimento à saúde de uma população formada por mais de 200 mil habitantes. Os serviços das Unidades Básicas de Saúde funcionam das 8 às 18 horas; os centros de Testagem e Aconselhamento (CTA) e de Atenção Psicossocial (CAPS) e a Policlínica ficam abertos das 7 às 19 horas, enquanto a UPA, o Pronto Socorro Municipal e o Hospital Geral de Parauapebas funcionam 24 horas.

“Fica fácil entender que não há como manter o funcionamento desses serviços com o mesmo quadro administrativo num regime de 6 horas diárias de trabalho”, pondera Gilberto Laranjeiras, que reconhece “o esforço e empenho” dos servidores da Semsa, para os quais pediu sensibilização para o bom atendimento à saúde de Parauapebas.

“Eu peço a compreensão de todos vocês, a consciência da nossa responsabilidade como defensores do interesse da comunidade de Parauapebas”, conclama o secretário, na mensagem aos servidores. “Tenho que reconhecer o compromisso e a dedicação de todos os servidores que estão ali dia, tarde e noite trabalhando e se dedicando àquele trabalho, com amor no coração e esperança de dias melhores na saúde”.

Publicidade