SEMPRU retoma projeto de fruticultura que já beneficiou mais de 50 famílias em Canaã

Secretário Léo Ferreira destaca entrega de 100 mil mudas a pequenos produtores neste primeiro semestre
Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on print

Continua depois da publicidade

O Projeto de Fruticultura realizado pela Secretaria de Desenvolvimento e Produção Rural de Canaã dos Carajás (SEMPRU) já beneficiou 58 famílias só em 2018. Este ano, a meta é ampliar o número de pequenos produtores beneficiados com o programa. Neste primeiro semestre serão entregues 60 mil mudas de banana e 40 mil mudas de cupuaçu.

O projeto faz parte do Programa Municipal de Desenvolvimento do CAMPO (PROCAMPO) criado pela prefeitura com objetivo de fortalecer a cadeia da agricultura familiar, desde o plantio até o abastecimento do mercado, na cidade. 

O Secretário da SEMPRU, Léo Ferreira, acompanhado do técnico em agrícola, Luzenildo Santos Silva, está visitando algumas propriedades que foram contempladas pelo projeto de fruticultura. É o exemplo do produtor rural, Egmar Gonçalves, que comemora a plantação de 2.300 pés de cacau. Através do PROCAMPO, ele recebeu mudas e assistência técnica. “Quero agradecer a Deus e depois ao nosso amigo Léo (secretário de agricultura) pelo plantio. Na época, eu nem pensava em plantar cacau, mas eles verificaram que o meu solo era propício para esse tipo de plantação e hoje, a gente vê que está valendo a pena”, lembrou Egmar. Agora, ele aguarda o período da colheita para comercializar o produto que vai gerar renda à família.

Léo Ferreira enfatiza que o projeto de fruticultura tem ajudado muitas comunidades rurais de Canaã. “Hoje estamos visitando a propriedade do nosso amigo Egmar, vendo como a plantação está bonita. Todos os produtores rurais que são beneficiados pelo projeto, além de receberem as sementes, também tem acesso assistência técnica e todo processo de mecanização para cultivar essas frutas. O PROCAMPO tem esse papel de incentivar o produtor a tornarem sua propriedade sustentáveis”, destacou o secretário.

Publicidade