Semma combate carvoeiras ilegais em Parauapebas

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

Continua depois da publicidade

O Departamento de Fiscalização da Secretaria Municipal de Meio Ambiente-Semma, realizou ontem mais uma operação para destruir as caieiras produtoras de carvão  instaladas nos fundos do Polo Moveleiro de Parauapebas. Esta é segunda vez que os fiscais da Semma são enviados para aquele local com a missão de acabar com as caieiras abertas em trincheiras rudimentares para a queima de aparas que são  descartadas pelas movelarias.

Semma

As denúncias do funcionamento irregular das caieiras chegam à fiscalização da Semma devido à poluição causada pela fumaça que incomoda os moradores em conjuntos vizinhos, além da poluição do igarapé que passa na área. A fumaça denunciam os moradores perturba 24 horas por dia, até a queima total das aparas que, dentro das trincheiras, vão produzindo o carvão, que depois é vendido para churrascarias, mercearias, pizzarias e bares.

Semma 2

Todo o carvão encontrado ontem foi confiscado e será destinado a entidades sociais sem fins lucrativos. As aparas foram recolhidas em caçambas e serão depositadas em local indicado pela prefeitura. O carvão apreendido na primeira operação rendeu centenas de sacas de carvão de 25 quilos que foram doadas à Sorri Parauapebas que após a venda, destinou a verba para os seus trabalhos sociais. Desta vez, o material apreendido não passou de vinte sacas, pois os fiscais chegaram no início da temporada de queima. (Texto e fotos: Semma).

Publicidade