Semas prevê Natal chuvoso para Parauapebas, Marabá e outras cidades do sul e sudeste do Pará

Semas prevê Natal chuvoso para Parauapebas, Marabá e outras cidades do sul e sudeste do Pará
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

Continua depois da publicidade

Quem pretende celebrar o Natal nas regiões sul e sudeste do Pará deve se preparar para muita chuva. Isso é o que aponta a previsão divulgada nesta quinta-feira (23), pela Secretaria de Meio Ambiente e Sustentabilidade do Pará (Semas).

Segundo a previsão, o tempo fica nublado na sexta-feira (24) e sábado (25) em grande parte do estado, com chuvas esparsas em outras regiões, mas com grandes precipitações no sul, sudeste e sudoeste do estado. Na Região Metropolitana de Belém (RMB), a expectativa para a noite de sexta é de tempo variando entre bom, parcialmente nublado e nublado.

Toda a porção norte do estado está na mesma situação, mas com baixa possibilidade de chuva para o nordeste do Pará, Marajó, Baixo Amazonas e Calha Norte, onde o tempo deverá ficar bom na manhã de sábado, sem chuva e com céu de poucas nuvens ou parcialmente encoberto. Mas à tarde, a previsão é de tempo fechado e chuva.

No entanto, em cidades como Marabá, Parauapebas, Conceição do Araguaia, São Félix do Xingu, Santana do Araguaia, Redenção, Novo Progresso, Jacareacanga e Itaituba deverão passar a sexta e o sábado de Natal embaixo de muita chuva. De acordo com o coordenador do Núcleo de Monitoramento Hidrometeorológico da Semas, Saulo Carvalho, além de ser o período do chamado inverno amazônico, a culpa do Natal ainda mais chuvoso dos paraenses é dos fenômenos climáticos ocorridos nos oceanos Pacífico e Atlântico.

“Para este Natal (24 e 25), as condições atmosféricas na região tropical indicam instabilidade e estão sendo influenciadas positivamente pelas anomalias da Temperatura da Superfície do Mar (TSM) do Oceano Pacífico (anomalia negativa) e pelo Atlântico (anomalia positiva). Essa combinação dos oceanos cria um cenário favorável para a ocorrência de eventos de chuvas na Amazônia e, de modo particular, sobre o Pará, detalha Saulo.

 Ele afirma que esse cenário chuvoso deverá afetar principalmente os municípios do sul e sudeste do estado, causando grande nebulosidade com céu variando entre parcialmente nublado a totalmente encoberto, juntamente com eventos esporádicos de precipitação ao longo dos dias 24 e 25. “Então, é previsto que algumas cidades dessa regiões (Marabá, Parauapebas, Conceição do Araguaia, São Félix do Xingu, Santana do Araguaia e Redenção) tenham previsão de um Natal com episódios de chuvas”, ressalta.

Ele acrescenta que, para janeiro de 2022, a previsão é de tendência de chuvas nas categorias acima do normal e muito acima do normal no Pará. A exceção fica para o extremo sul do estado com chuvas na categoria normal. Em fevereiro, as chuvas deverão ficar entre normal e acima do normal.

Desvio positivo é quando as águas oceânicas superficiais estão mais quentes que as normais, com temperatura acima de 0,5°C. Já a fase negativa possui desvios baixos de -0,5°C. A interação oceano-atmosfera interfere no clima global e regional.

Tina DeBord- com informações da Semas