Rodrigo Pacheco é eleito novo presidente do Senado e do Congresso Nacional

O candidato obteve uma vitória folgada com 57 votos, ante 21 votos apurados à senadora Simone Tebet
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print
Ex-presidente Collor de Mello cumprimenta o novo presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG)

Continua depois da publicidade

Brasília – Com uma vitória folgada, o senador Rodrigo Pacheco (DEM-MG) acaba de ser eleito o novo presidente do Senado e do Congresso Nacional. O candidato de Davi Alcolumbre (DEM-AP) venceu a senadora Simone Tebet (MDB-MS) por 57 votos a 21.

Dos 80 senadores aptos, 78 compareceram e votaram. Os senadores Jaques Wagner (PT-BA) e Jarbas Vasconcelos (MDB-PE) não compareceram por motivos médicos.

O agora ex-presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), parabenizou Rodrigo Pacheco pela vitória e desejou ao novo presidente do Senado “sucesso e êxito” em sua gestão. “Caberá, sob a responsabilidade do senador Rodrigo Pacheco, conduzir essa casa com equilíbrio, altivez e independência a favor do Brasil,” afirmou. 

Pacheco disse que fará uma gestão independente, embora tenha sido apoiado pelo Palácio do Planalto.

O novo presidente, eleito senador por Minas Gerais, é advogado criminalista, ex-deputado federal pelo DEM, e restabelece, após 45 anos, a presidência do Senado a um político mineiro. O último foi Magalhães Pinto, em 1975.

Por Val-André Mutran – de Brasília