Remo e Paysandu empatam em suas estreias pelo Campeonato Brasileiro das Séries B e C

O Leão ficou no 2 a 2 diante do CRB, enquanto que o Papão igualou em 1 a 1 contra o Tombense
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print
Lance da partida entre CRB e Remo (Foto: Francisco Cedrim)

Continua depois da publicidade

Clube do Remo e Paysandu, as duas maiores forças do futebol paraense, fizeram suas estreias no Campeonato Brasileiro 2021. O Leão Azul foi até o Estádio Rei Pelé, em Maceió, onde encarou o CRB (AL) e terminou no empate de 2 a 2, em partida válida pela primeira rodada da Série B. Já o Papão encarou o Tombense no Estádio Antônio Guimarães de Almeida, o Almeidão, em Tombos (MG), com o time bicolor arrancando um empate de 1 a 1. O duelo foi válido pela primeira rodada do Grupo A da Série C. Ambas as partidas foram realizadas neste sábado (29).

CRB 2 x 2 Remo (Série B)

O Clube do Remo começou o jogo arrasador em sua estreia no Campeonato Brasileiro da Série B. Logo aos dez minutos, Thiago Ennes cobrou lateral, Renan Gorne desviou e Lucas Siqueira meteu a cabeça, vencendo o goleiro Diogo Silva, 1 a 0 Leão, imperando a lei do ex. Não demorou muito e os azulinos aumentaram: Marlon cobrou falta, o goleiro Diogo Silva rebateu, e novamente, Lucas Siqueira mandou para o fundo do barbante, aos 21 minutos, 2 a 0. 

O time do CRB não sentiu os gols e foi para cima. Erik deu belo lançamento para o atacante Hyuri, que aproveitou o vacilo de Marlon, matou no peito e chutou na saída do goleiro Vinícius, aos 26 minutos, diminuindo para a equipe alagoana. O Leão estava bem na partida e quase marcou o terceiro. Marlon cobrou escanteio e Jefferson subiu sozinho de cabeça, mas mandou para fora. 

Na etapa final, o Remo continuou levando perigo. Lucas Tocantins recebeu passe, se livrou da marcação e chutou – o goleiro Diogo Silva espalmou salvando o Galo. Outra vez o Leão: Felipe Gedoz fez tabela com Jefferson, recebeu de volta e chutou rasteiro; a bola bateu na rede pelo lado de fora. O time alagoano foi para a pressão nos minutos finais. Diego Torres recebeu passe e chutou; a bola desviou na defesa e acertou a trave do goleiro Vinícius. 

Em mais uma tentativa do Galo, Claudinei arriscou de longe, a bola desviou no meio do caminho e sobrou para Calyson, que mandou para o barbante, mas a arbitragem assinalou o impedimento no lance. A pressão deu certo. Dudu cobrou escanteio no segundo pau para a cabeçada de Diego Torres, que não perdoou e empatou, aos 43 minutos, 2 a 2. No último lance da partida, Vitão recebeu livre e chutou, a bola desviou e bateu na rede pelo lado de fora, quase trazendo a virada do time da casa. Placar final: CRB 2 x 2 Remo. 

Tombense 1 x 1 Paysandu (Série C)

Jogando em casa, o Tombense tomou a iniciativa do jogo e foi logo marcando. Keké fez um carnaval na defesa do Paysandu e chutou, a bola bateu em Israel e foi para o fundo do barbante – aos seis minutos, gol contra, 1 a 0 para o time mineiro. Em mais uma tentativa da equipe de Tombos, Manoel cobrou escanteio, a bola passou por todo mundo e sobrou para Jhemerson, que emendou um chutaço e a bola explodiu no travessão.

O Papão chegou em um contra-ataque com Igor Goularte, que se livrou da marcação e chutou para boa defesa do goleiro Felipe Garcia. Aos 32 minutos, Jhemerson atingiu o jogador Bruno Collaço, do Paysandu, e recebeu diretamente o cartão vermelho. O time bicolor tentou se aproveitar e quase empatou ainda no primeiro tempo. Marlon cruzou da direita, a zaga cortou e, na sobra, Paulinho ajeitou para o chute de Jhonnatam em uma bola que passou com perigo contra a meta mineira.

No segundo tempo, o Papão foi para cima nos minutos finais. Ari Moura recebeu passe e chutou, a bola passou muito perto da trave do Tombense. Só dava Papão. Israel cruzou da direita para a cabeçada de Nicolas, a bola passou por cima. Em mais uma tentativa bicolor, Bruno Paulista recebeu pelo meio e emendou um belo chute de fora da área, vencendo o goleiro Felipe Garcia, aos 46 minutos, 1 a 1.

A reta final do jogo foi eletrizante. Após levantamento na área, Nicolas subiu de cabeça, mas a bola foi nas mãos do goleiro Felipe Garcia. Em uma falta quase que frontal da equipe mineira, Manoel cobrou e o goleiro Victor Souza espalmou para escanteio, salvando o Papão da derrota. Placar final: Tombense 1 x 1 Paysandu. 

Por Fábio Relvas
Publicidade