Remo cai para o Ferroviário na Arena Castelão e perde a invencibilidade de quatro jogos

O Leão Azul acabou perdendo para o Tubarão, sendo o primeiro revés do técnico Paulo Bonamigo
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print
(Foto: Lenilson Santos)

Continua depois da publicidade

O Clube do Remo, que estava a quatro jogos sem derrota no Campeonato Brasileiro da Série C, acabou perdendo essa invencibilidade na competição nacional. Neste sábado (17), o Leão Azul encarou o Ferroviário (CE) e saiu derrotado pelo placar de 1 a 0, na Arena Castelão, em Fortaleza. 

Apesar do revés – o primeiro do técnico Paulo Bonamigo, que estava com 100% de aproveitamento –, o Remo segue firme dentro do G4 do Grupo A, permanecendo na terceira posição, com 19 pontos.

O jogo: Fim de invencibilidade do técnico Paulo Bonamigo!

O Ferroviário ditou o ritmo do jogo, por ser mandante, o Tubarão partiu para cima do Leão, criando algumas oportunidades de gol. O goleiro do Remo, Vinícius, teve trabalho nas investidas da equipe cearense, principalmente nas tentativas do atacante Siloé, destaque do Ferrão e do jogo em si. Apesar de mais posse de bola e mais chances de abrir o placar por parte do Ferroviário, quem quase surpreendeu foi o Remo: Eduardo Ramos ficou sozinho e, de cara para o gol, o chute do meia azulino acertou a rede pelo lado de fora, aos 27 minutos.

No segundo tempo, as duas equipes se soltaram mais em campo e buscaram o gol. O Remo quase abriu o placar com o atacante Tcharlles, que chutou rasteiro e acertou a trave do goleiro Genivaldo. No lance seguinte, o time cearense marcou. Após cobrança de escanteio, Olávio desviou na primeira trave, e Wesley sozinho, no segundo pau, marcou de cabeça, aos quatro minutos, 1 a 0 Ferroviário.

O Remo não sentiu o gol do adversário e buscou o empate. Após uma cobrança de falta, Eduardo Ramos pegou a sobra e emendou para o gol – a bola explodiu no travessão da meta do goleiro Genivaldo, mas a arbitragem havia assinalado impedimento do meia-atacante remista. O Ferrão teve a chance do segundo, quando Siloé entrou na área e chutou cruzado, a bola passou de William Lira, que tentou marcar de carrinho e não alcançou a bola. 

O jogo ficou aberto. O Leão Azul levou perigo na tentativa de Tcharlles, que chutou e o goleiro Genivaldo defendeu; na sobra, o arqueiro do Tubarão conseguiu cortar com o pé e mandou pela linha lateral. Quase saiu o empate azulino na Arena Castelão. Na última chance do jogo, Tcharlles conseguiu cruzar para o atacante Eron, que finalizou e o goleiro Genivaldo fez o corte; na sobra, os azulinos não conseguiram concluir em gol. Placar final: Ferroviário 1 x 0 Remo.

O Clube do Remo volta campo diante do lanterna do Grupo A, o Imperatriz (MA), no próximo sábado (24), às 18h, no Estádio Olímpico Edgar Proença, o Mangueirão, em Belém. A partida será válida pela 12ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série D.

FICHA TÉCNICA

FERROVIÁRIO: Genivaldo; Gabriel Cassimiro (Neilson), Olávio, Willian Machado e Tiago Costa; Jorginho (Magno), Diego Lorenzi, André Mensalão e Wesley (Madson); Siloé (Romário) e William Lira (Batista). Técnico: Marcelo Villar.

REMO: Vinícius; Ricardo Luz, Fredson, Rafael Jansen e Marlon (Dudu Mandai); Charles, Gelson (Lailson), Carlos Alberto (Tcharlles) e Eduardo Ramos; Hélio (João Diogo) e Wallace (Eron). Técnico: Paulo Bonamigo.

  • Árbitro: Francisco Carlos do Nascimento (AL)
  • Assistente 1: Ruan Luiz de Barros Silva (AL)
  • Assistente 2: Ana Paula dos Santos (AL)
  • Quarto Árbitro: Raimundo Rodrigues de Oliveira Júnior (CE)
  • Cartões amarelos: Siloé, Gabriel Cassimiro e Genivaldo (Ferroviário); Gelson e Wallace (Remo)
  • Gol: Welsey, de cabeça, aos 4 minutos do 2° tempo para o Ferroviário
  • Local: Arena Castelão, em Fortaleza

Por Fábio Relvas