Relacionamento com a imprensa é tema de oficina na Amepa

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

Continua depois da publicidade

Com objetivo de facilitar a comunicação entre a imprensa e os profissionais que atuam nos serviços de atenção às mulheres e adolescentes em situação de violência doméstica e sexual, o Ministério da Saúde (MS) em convênio com o Instituto Patrícia Galvão, e apoio da Coordenação Estadual da Saúde da Mulher, promove nestas terça e quarta-feira (13 e 14), a “Oficina em Mídia e Comunicação”.

A oficina será ministrada pela coordenadora do Instituto Patrícia Galvão, Ângela Freitas, com a presença de representantes que atuam na área da violência doméstica e sexual de diversos órgãos e serviços, como centros de referência, abrigos, Pro Paz Mulher, controle social, movimentos de mulheres, entre outros.

O instituto tem como finalidade promover a defesa do direito à comunicação, acesso à informação e às liberdades de opinião e de expressão, com ênfase na promoção da igualdade e equidade de gênero, raça e etnia. A ideia é levar ações de comunicação que promovam mudanças culturais, de comportamento e mentalidades voltadas à pluralidade e diversidade aos direitos humanos das mulheres.

Os participantes aperfeiçoaram suas habilidades para a comunicação com entrevistas para jornais, rádio e televisão. Eles ainda aprenderão a desenvolver a capacidade de apresentar para a sociedade, através da mídia, as ações e serviços ofertados.

Segundo a coordenadora estadual de Saúde da Mulher, Conceição Carneiro Oliveira, a Rede de Atenção no Sistema Único de Saúde (SUS), desperta interesse especial de todos, portanto, é necessário preparo, prática e aprimoramento para lidar com as grandes demandas.

“É fundamental divulgar corretamente os procedimentos e os critérios para cada atendimento, além de compartilhar com as comunidades os resultados dos serviços prestados. É de suma importância mostrar preocupação com a violação dos direitos das mulheres e adolescentes e ainda saber explicar o sentido das políticas públicas em execução”, afirmou.

Serviço – A oficina será realizada na Associação de Magistrados do Estado do Pará (Amepa), na Travessa Quintino Bocaiúva, 403, entre Av. Nazaré e Governador José Malcher. O evento será de 8h30 às 18h00.

Fonte: AMEPA

Publicidade