Projeto Arte em Cores abre inscrições para artistas do Pará e Maranhão

Serão selecionados 50 artistas e distribuídos mais de R$ 120 mil, entre prêmios e ajuda de custo. As inscrições encerram em 26 de abril.

Continua depois da publicidade

A 2ª edição do Arte em Cores, que conta com o patrocínio do Instituto Cultural Vale via Lei de Incentivo à Cultura, irá selecionar 50 artistas interessados em realizar murais e intervenções na paisagem das cidades, a partir de técnicas como grafite, estêncil, pintura e colagem, entre outras.

Nesta edição serão destinados mais de R$ 120 mil, distribuídos entre prêmios e ajuda de custo para a realização das obras e participação no projeto. O regulamento está disponível no perfil @arteemcoresmove, e as inscrições poderão ser feitas até o dia 26 de abril.

“Com esta chamada, queremos dar visibilidade a jovens talentos e artistas já reconhecidos do interior dos estados, contribuindo por meio do trabalho deles para transformar a paisagem urbana com cores e com o talento e a criatividade destes artistas”, comenta o coordenador do projeto Gilberto Scarpa.

O projeto Arte em Cores conta com o apoio do Centro Cultural Tatajuba, e é uma realização da Vivas Cultura e Esporte e Secretaria Especial de Cultura do Ministério do Turismo, Governo Federal.

Paisagem das cidades

No Maranhão, o projeto irá contemplar as cidades de Arari, Vitória do Mearim, Igarapé do Meio, Santa Inês, Pindaré‐Mirim, Alto Alegre do Pindaré, Açailândia, São Pedro da Água Branca. No Pará, serão selecionados artistas de Bom Jesus do Tocantins, Marabá, Curionópolis, Parauapebas, Canaã dos Carajás, Ourilândia do Norte e Tucumã. Poderão participar artistas com idade mínima de 18 anos e experiência em artes plásticas, pintura, desenho, arte urbana ou expressões afins.

Inscrição

O interessado deverá apresentar foto e endereço do local que receberá a intervenção, autorização do proprietário do espaço e esboço da arte que será executada. A obra deverá ser inédita e de própria autoria. Todos os artistas inscritos terão acesso a uma oficina com quatro vídeo-aulas sobre arte urbana, referências estéticas, técnicas e suportes.

Os 50 artistas serão selecionados por um júri especializado e receberão prêmio no valor de R$ 1 mil e ajuda de custo para compra de materiais que serão utilizados na criação de uma obra, realizada individualmente. Uma novidade desta edição é que, nesta fase, os artistas já irão intervir diretamente na paisagem das cidades.

Destes trabalhos, 10 serão escolhidos pelo júri, sendo cinco realizados por artistas residentes no Maranhão e cinco no Pará. Os selecionados participarão, durante quatro dias, da criação coletiva de dois grandes painéis artísticos, a serem produzidos sob a tutoria e acompanhamento de um artista convidado.

Abertos ao público, os eventos ocorrerão em Marabá e Alto Alegre do Pindaré (MA), em data a ser agendada, de acordo com as orientações das autoridades sanitárias. Os selecionados nesta etapa receberão prêmio no valor de R$ 2,5 mil. O registro fotográfico de todas as obras ficará disponível na galeria virtual do Arte em Cores.

%d blogueiros gostam disto: