Preso homem que estuprava mulheres em Marabá e Parauapebas

Otávio Fabrício Costa seguia suas vítimas até a casa delas e ali mesmo as atacava. Ele foi preso pela Polícia Civil
Otávio Fabrício

Continua depois da publicidade

A Polícia Civil prendeu, nesta terça-feira (17), Otávio Fabrício Alves Costa, acusado de ter estuprado várias mulheres em Marabá e Parauapebas. Ele escolhia suas vítimas na rua, as seguia até o endereço delas e, armado de revólver, as ameaçava, entrava na casa e as estuprava. Otávio foi preso em Parauapebas, em sua casa, onde também funciona a sua empresa, uma loja de conserto de celulares.

Uma série queixas de roubos seguidos de estupro em Marabá desencadeou as investigações. O acusado também passou a atacar em Parauapebas, onde mora, o que fez com que as investigações tivessem seu raio ampliado.     

Ao receber a voz de prisão, Otávio não reagiu. Pelo contrário, se mostrou muito tranquilo, confirmando o que disseram suas vítimas, ao descreverem-no como “um homem frio”. Ele foi seguido por várias ruas de Parauapebas e surpreendido com a presença dos policiais.   

Em Marabá, ele fez vítimas no Bairro Cidade Nova, atacando moradoras das ruas Frei Raimundo Lambezart e Alfredo Monção; e, na Velha Marabá, molestando moradora da Travessa Parsondas de Carvalho. Em Parauapebas, Otávio Fabrício fez vítimas nas travessas Osvaldo Cruz e Cruzeiro do Sul.

%d blogueiros gostam disto: