Preso em Nova Ipixuna acusado de chacina em Baião

A Polícia Militar chegou ao endereço onde ele estava escondido após ter recebido denúncia anônima
Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on print

Continua depois da publicidade

Policiais do 18º Pelotão do 4º BPM (4º Batalhão de Polícia Militar) prenderam ontem, segunda-feira (1º), em Nova Ipixuna, Cosme Francisco Alves 36 anos. Ele é acusado de ter participado da execução de três pessoas no município de Baião, em 22 de março passado: Dilma Ferreira da Silva, Coordenadora do Movimento dos Atingidos por Barragens (MAB), o marido dela, Claudionor Costa Silva, e amigo vizinho e vizinho do casal Milton Lopes.

O mandado de prisão temporária, válido por 30 dias, foi expedido no dia 25 de março pelo juiz de Direito Weber Lacerda Gonçalves, titular da Comarca de Baião.

A Polícia Militar cumpriu o mandado após denúncia anônima, informando que havia um foragido da Justiça em uma casa na Rua Maranhão, Bairro Nova Canaã. O suspeito foi abordado, tendo informado três nomes falsos. Em seguida, ele foi conduzido para a Delegacia de Polícia Civil.

Publicidade