Prefeitura vai construir novas paradas de ônibus em Marabá

Serão oito de cimento com tamanhos variados e seis de estrutura metálica. O custo é estimado em R$ 334 mil. Já a licitação do terminal de integração, de R$ 2,48 milhões, vai ocorrer dia 18.
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

Continua depois da publicidade

Nesta quinta-feira (27), haverá o desfecho de um processo de tomada de preços iniciado pelo governo de Tião Miranda para construção de paradas de ônibus de concreto e em metal em diversos pontos da cidade de Marabá. A licitação, organizada pela Secretaria de Viação e Obras Públicas (Sevop), tem custo estimado em R$ 334 mil e será vencida pela empresa que apresentar o menor valor para execução de todos os serviços.

O governo municipal quer que as paradas de concreto menores sejam aprontadas em quatro meses; as maiores, em até seis; e as metálicas em quatro. Têm de ser feitas ao mesmo tempo porque, pelo edital, o contrato não pode passar de dez meses. Tião Miranda tem pressa, uma vez que hoje Marabá é o município do interior do estado com o maior número de licitações de obras públicas em andamento e 2020 é ano de eleições municipais. A prefeitura, entretanto, não descreveu no edital em quais localidades as novas paradas serão implantadas.

Terminal de integração

A Prefeitura de Marabá também está correndo para construir o terminal de integração de ônibus urbanos. O desfecho das propostas comerciais para uma das obras mais aguardadas do transporte público local vai acontecer no dia 18 de março, quando possivelmente se espera que seja anunciada a empresa que vai erguer o terminal no canteiro central da Avenida VP-6, entre as folhas 26 e 27, na Nova Marabá. A construção é orçada em R$ 2,48 milhões.

Publicidade