Prefeitura de Parauapebas vai padronizar calçadas da Rio de Janeiro

Investimento na regularização de passeio público se aproxima de R$ 10 milhões com potencial de gerar 200 empregos registrados quando as obras começarem, além de elevar IDH municipal
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

Continua depois da publicidade

Uma das mais famosas e principais artérias do centro de Parauapebas vai receber tapa no visual ainda este ano. A Rua Rio de Janeiro, no Bairro Rio Verde, por onde cerca de 20 mil pessoas circulam diariamente e ao longo da qual estão instalados escolas, igrejas, supermercados, academias, salões de beleza, entre outros estabelecimentos, vai ter um quilômetro de calçadas padronizadas pelo governo do prefeito Darci Lermen.

A informação foi levantada pelo Blog do Zé Dudu, que bisbilhotou publicação feita pela Secretaria Municipal de Governo (Segov) na edição do Diário Oficial da União desta sexta-feira (21). A pasta abriu concorrência para selecionar a empresa que ficará responsável pelo serviço. O edital com detalhes e valor ainda não foi publicado, ainda assim o Blog apurou que a sessão para conferência das propostas por parte das empresas interessadas está marcada para o dia 23 de junho.

O governo de Darci está trabalhando firme na regularização de calçadas das principais vias da área urbana, e isso terá repercussão positiva lá na frente, principalmente quando for realizado o recenseamento geral da população pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Pode parecer uma obra qualquer, nas a regularização de calçadas é aspecto urbanístico a ser observado pelos agentes de coleta do censo e revela o quão engajado está o município com as políticas nacionais de mobilidade e acessibilidade. Isso, inclusive, concederá alguns pontinhos a mais para o Índice de Desenvolvimento Humano Municipal (IDHM), que tem como parâmetros dados censitários.

R$ 10 milhões investidos

Esta semana, a Segov anunciou outros projetos de regularização de calçadas. A padronização na Rua Marabá, no Bairro da Paz, tem propostas previstas para 16 de junho e é estimada em R$ 2,67 milhões. Já a licitação da obra da Rua JK, no Rio Verde, está marcada para um dia depois, 17 de junho, e é orçada em R$ 2,51 milhões. Juntamente com a intervenção na Rio de Janeiro, o pacote triplo de padronização deve chegar a R$ 10 milhões e tem potencial de gerar até 200 postos de trabalho com carteira assinada na construção civil.

Nova pracinha no Beira Rio

Em outra frente de atuação, o governo de Darci, por meio da Secretaria Municipal de Obras (Semob), vai revitalizar a pracinha que existe em frente à sede da Semob, nas proximidades da rodoviária. A escolha da empresa é prevista para 1º de junho, e o orçamento estimado para a licitação é de R$ 1,09 milhão. O serviço tem em vista modificar a praça atual, a quadra esportiva e o estacionamento. Segundo a Semob, o conceito principal é ampliar o número de vagas de estacionamento, implantar novo mobiliário urbano e proporcionar à nova quadra iluminação com refletores de LED.

Publicidade