Eldorado do Carajás

Prefeitura de Eldorado do Carajás compra fórmulas alimentares por mais de R$ 400 mil

Alimentação especial para alguns pacientes tem preço salgado. Tem lata de alimento em pó, por exemplo, que sai por R$ 1.402. Governo diz que visa à “melhoria da qualidade de vida”.

O pacato município de Eldorado do Carajás, cuja prefeitura tem receita anual de R$ 65,5 milhões, está prestes a contratar uma “empresa especializada em fornecimento de fórmulas alimentares, frascos e equipos” para atender a rede de saúde local. A licitação ― que pode ser conferida aqui ― foi publicada no último dia 13 e terá envelopes de propostas abertos depois de amanhã, sexta-feira (28).

Na galeria de produtos que a Prefeitura de Eldorado pretende adquirir, o conjunto mais caro são as 76 latas de 400 gramas de suplemento alimentar rico em aminoácidos elementares não alergênico, ao custo total de R$ 36 mil. Também tem as 25 latas de meio quilo de alimento em pó para manejo dietético de crianças com restrição de fenilalanina, ao custo total de R$ 35 mil.

A Secretaria Municipal de Saúde, que fará uso de recursos do Fundo Municipal de Saúde para cobrir a despesa, alega que “as fórmulas alimentares são importantes instrumentos para garantir o perfeito atendimento às demandas nutricionais de pacientes que apresentam necessidade de suplementação alimentar” e que o procedimento “possui forte influência na melhoria da qualidade de vida dos pacientes”.

O Blog do Zé Dudu levantou que a saúde pública em Eldorado do Carajás tem orçamento inicial previsto de R$ 17,71 milhões e que, de janeiro a abril, R$ 3,96 milhões foram utilizados, sendo que a assistência hospitalar e ambulatorial consomiu metade dos recursos, R$ 1,89 milhão, enquanto a atenção básica exigiu cerca de R$ 994 mil no mesmo período. Dos R$ 3,95 milhões utilizados na saúde, 61,1% (ou R$ 2,42 milhões) foram consumidos pela folha de pagamento.

Deixe seu comentário