Canaã dos Carajás

População de Canaã perde o Espaço Cidadão da Câmara Municipal

Inaugurado há sete meses, o Espaço Cidadão da Câmara Municipal de Canaã dos Carajás já fechou as portas. Criado para possibilitar o acesso da comunidade ao acervo de livros da Biblioteca Legislativa, disponibilizar informações sobre leis e decretos, além de realizar a emissão de Carteiras de Identidade, o espaço precisou encerrar as atividades no início de janeiro.

A decisão foi da nova administração do Legislativo Municipal e o motivo, segundo nota da Assessoria de Comunicação, foi o fato de que o duodécimo – repasse mensal do Poder Executivo ao Legislativo, para custear as despesas da Casa – ter sido o menor dos últimos seis anos.

Com o espaço desativado, os serviços precisaram ser remanejados, como é o caso da biblioteca que retornou para o prédio da Câmara Municipal, localizado na Avenida Tancredo Neves, Centro. Já a emissão de RGs, que era realizada no local graças a um convênio com a Segup (Secretaria de Estado de Segurança Pública), voltará a ser feita somente pela Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social (Semdes), localizada na Rua Ulisses Guimarães, também no centro da cidade.

 Confira a nota:

“Por decisão da nova administração da Câmara Municipal, o Espaço Cidadão foi fechado no dia 3 de janeiro de 2019. O principal motivo para o encerramento dos trabalhos no local é o fato do duodécimo, repasse mensal do poder executivo ao legislativo, ser o menor dos últimos seis anos.

Inaugurado em junho de 2018, o Espaço Cidadão disponibilizava à comunidade informações sobre leis e decretos, o acesso a um acervo de livros na Biblioteca Legislativa, além da emissão de carteiras de identidade.

Com o fim do Espaço Cidadão, a Biblioteca Legislativa foi remanejada, temporariamente, para o prédio da Câmara Municipal. Já a emissão de carteiras de identidade não será feita pelo legislativo, visto que a Secretaria de Desenvolvimento Social já faz esse trabalho com excelência, emitindo, inclusive, os RG’s no mesmo dia; por conta disso, a população não será afetada de nenhuma forma. (Ascom).”

Deixe seu comentário