Ponte que liga Pará ao Tocantins, na BR-153, tem obras iniciadas após assinatura da OS

Demanda antiga da população dos dois estados, a ponte terá 1.720 metros de extensão e está orçada em aproximadamente R$ 157 milhões, com previsão de entrega em setembro de 2022
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

Continua depois da publicidade

O ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, anunciou na quinta-feira, 2, a assinatura da Ordem de Serviço (OS) para o início das obras da ponte na rodovia BR-153, que vai interligar o município de São Geraldo do Araguaia – PA a Xambioá – TO.

A assinatura do contrato para a obra aconteceu em 2017, em Xambioá, com a presença do então presidente Michel Temer. Mas, em virtude da burocracia, prazos e judicialização do processo licitatório, o início da obra foi suspenso. Em agosto de 2019, o ministro Tarcísio de Freitas garantiu a realização da obra, que, finalmente, após conclusão dos estudos geotécnicos, teve sua Ordem de Serviço assinada.

Demanda antiga da população dos dois estados, a estrutura contará com 1.720 metros de extensão e está orçada em aproximadamente R$ 157 milhões, com previsão de entrega em setembro de 2022, segundo o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT).BR-153

Atualmente, todos os veículos que trafegam pela BR-153 e precisam atravessar de uma margem à outra do rio Araguaia, só podem fazê-lo por meio de balsa, o que representa fator de insegurança e atrasos para os usuários da rodovia e para a população local.

Importância – A BR-153/PA/TO é um importante eixo de ligação entre as Regiões Norte e Sul do Brasil, por permitir a integração multimodal entre a ferrovia Norte-Sul e a hidrovia Tocantins-Araguaia. A construção da ponte vai impulsionar o desenvolvimento econômico local, pois facilitará o tráfego de veículos e caminhões, melhorando o escoamento da produção de bens e diminuindo os custos no transporte de cargas.