Polícias Civil e Militar pegam traficante com 800 gramas de cocaína

A droga veio de Goiânia seria vendida durante o carnaval em Parauapebas
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

Continua depois da publicidade

A Polícia Militar prendeu ontem, quarta-feira (22), em Parauapebas, e conduziu até 20ª Seccional Urbana de Polícia Civil, o pintor Welington Santos da Silva, 22 anos. Ele foi flagrado portando uma pequena quantidade de maconha. Porém, já na delegacia, os policiais suspeitaram que o preso guardava algo bem maior em casa.

Por determinação do diretor da Seccional, delegado Élcio de Deus, o delegado de plantão José Euclides Aquino coordenou operação realizada pelos investigadores Abraão e Renan, que se dirigiram até a casa de Wellington, na VS-10, onde encontraram nada menos que 800 gramas cocaína pura.

Para a Reportagem o rapaz contou que já foi preso como viciado, mas, dessa vez, havia comprado o entorpecente por que “as coisas haviam piorado” para o lado dele, que resolveu pegar a droga para revender e disse que pagou de R$ 5 mil. “Eu estava muito endividado e precisava pagar a pensão de uma filha minha”, alegou.

O delegado Euclides Aquino, também ouvido pela Reportagem, disse que a droga saiu de Goiânia (GO) e que, após processada, renderia cerca de R$ 30 mil a Welington da Silva.

“Essa droga provavelmente seria vendida durante o carnaval, mas com o êxito das operações da Polícia Civil e da Polícia Militar, foi retirada de circulação, livrando as famílias desse mal”, comemorou a autoridade. Com Wellington, foi apreendida uma menor e idade, que seria mulher dele que é dependente química.

(Caetano Silva)

Publicidade