Redenção

Polícia prende, em SP, homicida de professora de Cumaru morta em Redenção em 2015

Em 10 de dezembro de 2015, a professora Maria Helena, funcionária do sistema de educação de Cumaru do Norte foi sequestrada e em sua conta foi retirada a quantia de R$50 mil. Posteriormente, o corpo da professora foi encontrado nas imediações do município de Redenção. O crime chocou o pequeno município de Cumaru, visto que, no dia 15 de dezembro, a Polícia Civil do Pará prendeu Cleudiane Moura dos Santos, Lourival Gomes dos Santos e Maurício Oliveira. A primeira era superior hierárquica da vítima, trabalhava junto com ela e tinha sua inteira confiança.

Maria Helena foi sequestrada quando fazia uma transação bancária em Redenção e foi levada para um cativeiro em Conceição do Araguaia. De acordo com informações da Polícia Civil, à época, logo após a confirmação do depósito bancário no valor de R$ 50 mil, que pagaria o resgate, os criminosos mataram a vitima a pauladas.

Os três suspeitos confessaram o crime e indicaram o autor do homicídio: David Nunes Inácio. Contra David foi expedido um mandado de prisão preventiva pela justiça de Redenção.

Passados quase três anos, a polícia civil de Redenção, por meio da Superintendência Regional do Araguaia Paraense e em parceria com a Polícia Militar do Estado de São Paulo acaba de cumprir o mandado de prisão preventiva contra David Nunes Inácio, em Santa Izabel, na grande São Paulo, onde estava residindo.

Segundo o delegado Antonio Miranda, David será recambiado para Redenção o mais rápido possível e ficará preso à disposição da justiça para responder pelo crime.

Deixe seu comentário