Polícia

Polícia Militar prende traficantes em Goianésia do Pará

Homens do 37º Pelotão da Polícia Militar de Goianésia do Pará prenderam na quinta-feira (21) Samuel Rodrigues Macêdo, 39 anos de idade, acusado de tráfico de entorpecentes. Dinheiro, maconha e outros objetos foram apreendidos pelos policiais. A prisão foi realizada no estabelecimento comercial do acusado, o Lava Jato do Samuel, localizado na Avenida Tancredo Neves, Centro.

Segundo consta no Boletim de Ocorrência, era por volta de 17h50 quando a guarnição policial realizava ronda ostensiva nas ruas da cidade e percebeu que Maurício Carvalho tentou se desfazer de um embrulho nas margens da via pública. “Ao verificar o embrulho foi constatado que se tratava de um material semelhante a maconha”, explicou o major Fábio Rayol, comandante da 18ª Companhia Independente de Polícia Militar, e que responde pelo 37º Pelotão de Goianésia.

Próximo ao local, os militares se deparam com Samuel Macêdo e, ao revistá-lo, encontraram como ele nove papelotes de maconha. “E assim foi dada voz de prisão por caracterizar comercialização de entorpecentes. Como o mesmo estava em frente à sua residência e em situação de flagrante, foi realizada uma busca minuciosa na qual foi encontrada mais erva semelhante a maconha, material para embalagem e dinheiro”.

Os dois homens foram apresentados perante a autoridade policial assim como os objetos apreendidos: meio tablete de erva semelhante a maconha, 297 gramas, nove porções de erva semelhante a maconha, R$ 1.183,00, material para embalagem (faca, papel alumínio, bancada de madeira) e ainda aparelho celular, relógio de pulso e porta cédula.

Deixe seu comentário