Polícia Civil divulga retrato falado de suspeito de estupros em Xinguara

Pelo menos, 10 mulheres já registraram boletim de ocorrência, na Seccional de Polícia Civil, para denunciar o criminoso.
Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on twitter
Twitter
Share on print
Imprimir

Continua depois da publicidade

A Polícia Civil divulgou, neste sábado (16), o retrato-falado de um homem que, desde o ano passado, tem sido apontado como o autor de estupros de mulheres, em Xinguara, sudeste paraense. Pelo menos, 10 mulheres já registraram boletim de ocorrência, na Seccional de Polícia Civil, para denunciar o criminoso. O suspeito age sempre do mesmo modo. “Ele aborda as vítimas entre as 4 horas da madrugada e as 7 horas da manhã. Ele costuma chegar às vítimas usando uma moto e anuncia o roubo do celular, mas a intenção é estuprar.

Já teve vítima que entregou o celular e ele devolveu em seguida”, afirma o delegado Max Muller. Há registros de ocorrência desde dezembro de 2018. Desde essa época, a equipe policial intensificou as ações para prender o acusado. O delegado Max Muller solicitou ao “Serviço de Perícia Iconográfica” da Diretoria de Identificação da Polícia Civil a realização de retrato-falado do acusado para ajudar nas investigações.

O retrato falado foi elaborado pelo papiloscopista policial civil Bruno Veras, da Superintendência Regional do Alto Xingu. Qualquer informação sobre o acusado mantenha contato com os números (94) 99105-4905, 181, 190 ou em qualquer Delegacia. As informações serão mantidas em sigilo e o autor da denúncia não será divulgado.

Publicidade

Relacionados