PF: Operação Prenúncio Criminal investiga desvio de recurso público em Altamira

A operação investiga um esquema de desvio de recurso público na Prefeitura de Altamira, de 2013 a 2020. Foram cumpridos mandados de busca e apreensão no município e em Belém
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print
Operação “Prenúncio Criminal” investiga esquema de desvio de recurso público em Altamira (Foto: Polícia Federal)

Continua depois da publicidade

A Polícia Federal (PF) deflagrou a Operação “Prenúncio Criminal”, que investiga um esquema de desvio de recurso público na Prefeitura de Altamira, no sudoeste do Pará, de 2013 a 2020. Durante a operação, realizada nesta sexta-feira (11), foram cumpridos cinco mandados de busca e apreensão, sendo quatro em Altamira e um em Belém.

Os mandados foram expedidos pela Vara Criminal da Justiça Estadual de Altamira. Segundo a PF, a investigação teve como base fraudes em licitações para beneficiar uma empresa do ramo de construção civil, sem que a contratada efetivamente tivesse lastro financeiro para executar os serviços contratados.

Entre os crimes investigados estão fraude em procedimento licitatório, apropriação e uso de bens públicos para proveito próprio. A Operação “Prenúncio Criminal” é um desdobramento da Operação “Prenúncio”, deflagrada no segundo semestre do ano passado pela Polícia Federal, com a participação do Ministério Público Estadual (MPPA), por meio de ação de improbidade administrativa.

Tina DeBord

Posts relacionados