PF fiscaliza aeroporto de Altamira em ação preventiva contra crimes com tráfico de drogas e de animais em extinção

Durante a operação, foram fiscalizadas as bagagens de cerca de 200 passageiros, que estavam chegando e saindo da cidade. Foram usados cães farejadores para ajudar na identificação de possível carregamento de droga
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

Continua depois da publicidade

A Polícia Federal (PF) realizou uma operação de fiscalização no aeroporto de Altamira, no sudoeste do Pará. O objetivo da ação, realizada nesta segunda-feira (24), é reprimir crimes como o tráfico internacional e doméstico de entorpecentes, comércio de animais em extinção e comércio ilegal de armas de fogo, entre outros crimes.

A Guarda Municipal de Altamira participou da ação com o auxílio de cães farejadores. O Aeroporto de Altamira tem capacidade de atender mais de 90 mil passageiros por ano.

Segundo a PF, a cidade fica localizada em uma região de difícil acesso por rodovias, mas ocupa uma posição importante no sistema de transporte aéreo, fazendo conexão com Belém, que por sua vez, faz conexões para outros lugares do país e do mundo. Durante a operação, foram usados os cães farejadores para identificar possível carregamento de drogas em malas e em outros recipientes.

Malas foram revistadas pelos cães varejadores em busca de drogas

Tina DeBord – Com informações da PF

Publicidade