PRF apreende mais de 271 kg de cocaína na BR-230 e prende homem por tráfico

A quantidade de droga apreendida representa um prejuízo estimado em mais de R$ 48 milhões para o crime organizado
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print
A droga estava escondida em compartimento falso de caminhão

Continua depois da publicidade

Durante fiscalização na Rodovia BR-230 (Transamazônica), a Polícia Rodoviária Federal (PRF) apreendeu, na manhã desta quinta-feira (9), 271,9 kg de cloridrato de cocaína, a forma mais pura da droga. A apreensão foi realizada no km 600 da rodovia, no município de Vitória do Xingu, sudoeste do Pará.

Segundo a PRF, a equipe realizava fiscalização no local, quando abordou um veículo modelo FORD/G350 G branco. Durante a abordagem, os policiais perceberam sinais de nervosismo do condutor do veículo.

Dessa forma, utilizando técnicas e procedimentos de combate ao narcotráfico, foi realizada a verificação de possíveis fundos falsos do caminhão, sendo assim localizado um compartimento secreto carregado de substância com características de cloridrato de cocaína, em tabletes.

Ao ser questionado, o motorista do veículo, que tem 34 anos de idade e é natural do estado de Rondônia, afirmou que realizou o carregamento no município de Medicilândia, na mesma região, e estaria realizando o transporte para o município de Novo Repartimento, no sudeste do estado.

Após a realização dos procedimentos de consulta nos sistemas da PRF, a equipe verificou que o homem já possuía passagem pela polícia, pelo crime de tráfico de drogas.

Diante dos fatos, ele e o veículo foram encaminhados até uma Unidade Operacional de Policiamento (UOP) da PRF, para a realização dos procedimentos iniciais de pesagem da carga. De acordo com a PRF, o total de droga apreendida representa um prejuízo estimado de mais de R$ 48 milhões para o crime organizado.

Após o flagrante, o motorista foi preso pelo crime de tráfico de drogas, previsto no artigo 33 da Lei 11.343/2006. A carga foi apreendida e encaminhada à Polícia Federal (PF) para a realização dos procedimentos cabíveis.

Caso ele seja condenado, a pena pode chegar a 15 anos de reclusão, além do pagamento de multa. De acordo coma PRF, só no ano de 2021, a corporação já apreendeu mais de uma tonelada e meia de cocaína, durante fiscalização nas rodovias e estradas federais do Pará.

Tina DeBord- com informações da PRF

Foto: PRF

%d blogueiros gostam disto: