Petistas marcam manifestação para hoje em Marabá e Parauapebas

No mesmo dia, governador Simão Jatene pousa na cidade para assinar convênios e inaugurar obras
Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on print

Continua depois da publicidade

Motivados pelo ato público “Pernambuco quer Lula Livre”, agendado para esta sexta-feira, dia 6 de abril, petistas de Marabá e Parauapebas já se organizam para realizar movimentação nas duas principais cidades do sudeste do Pará.

O ex vice-prefeito de Marabá, Luiz Carlos Pies, publicou na manhã desta sexta-feira uma mensagem nas redes sociais conclamando petistas e simpatizantes para o ato desta tarde, agendado para uma via em frente ao Campus II da Unifesspa.

“Convidamos as companheiras e companheiros do PT, dos municípios próximos, para participarem (se possível, muita gente), do grande Ato Público, exigindo a imediata liberdade para LULA INOCENTE – hoje, às 03h00 da tarde, em frente ao Campus II da Unifespa, na Folha 17! Convidem seus amigos e familiares que moram em Marabá!

Na região, segundo a nota de Pies, além de Marabá, Parauapebas, Conceição do Araguaia, Canaã dos Carajas e Tucuruí já confirmaram que também irão realizar manifestações na tarde de hoje.

Também nesta sexta-feira, dia 6, está agendada uma entrevista coletiva em Marabá com a “caravana de Paulo Rocha e Zé Geraldo”. O objetivo, embora não revelado publicamente, é apresentar a candidatura de ambos ao governo do Estado e à Câmara Federal. A coletiva está agendada para a Sala de Comissões da Câmara Municipal.

Também nesta sexta-feira, que amanheceu sob forte chuva, está prevista a visita do governador Simão Jatene para assinatura de convênios, inaugurações e entrega de veículos.

Em verdade, a agenda de Jatene no sudeste do Pará começa às 9h, em Rio Maria, onde ele atenderá demandas de nove cidades atingidas pelas enchentes.

Nesta primeira etapa serão formalizados convênios com os seguintes municípios: Itupiranga, Pau d’Arco, São Félix do Xingu, Santa Maria das Barreiras, Eldorado do Carajás, Água Azul do Norte, Rio Maria, Bannach e Xinguara. Individualmente com a Prefeitura de Pau d’Arco, o governador também assinará um convênio para reforma do Hospital Municipal.

À tarde, ele desembarca em Marabá para dar início à operação da primeira etapa da Estação de Tratamento de Esgoto de Marabá (ETE). O encontro da comitiva do Estado será na Rua das Cacimbas, situada no bairro Amapá. Além desse serviço, o governador assinará o termo aditivo para aquisição de equipamentos de hemodiálise para o Hospital Regional do Sudeste do Pará (HRSP), inaugurará um bloco de saúde no campus da Universidade do Estado do Pará (Uepa) e entregará caminhões coletores de resíduos sólidos à prefeitura da cidade.

Obras e serviços que chegam ao município, como presentes pela passagem do aniversário de sua fundação, comemorado ontem, quinta-feira (5).

A ETE de Marabá custou mais de R$ 117 milhões, incluindo recursos do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), por meio de empréstimo junto ao FGTS, no valor de R$ 78,20 milhões, e mais R$ 38,97 milhões do Tesouro do Estado, projeto gerenciado pela Companhia de Saneamento do Pará (Cosanpa). A Estação tem capacidade para atendimento de 86 mil habitantes, em uma estrutura com 368,75m² de área construída. Na primeira etapa foram instalados 35,85 Km de rede coletora, onde estão previstas 1.958 ligações intradomiciliares de esgoto, que devem atender 8.662 habitantes.

A obra já está pronta e a fase agora é de implantação das ligações intradomiciliares. Alguns bairros beneficiados são Amapá, Novo Horizonte e todo o núcleo da Nova Marabá, o que representa a maior cobertura de esgoto do estado. “É uma obra moderna, que traz no seu bojo toda uma concepção sustentável”, informou Cláudio Conde, presidente da Cosanpa.

Por Ulisses Pompeu
Publicidade