Polícia

Pescador assassinado com três tiros em Goianésia do Pará

O corpo do pescador Marcos Tota da Silva, 33 anos, foi sepultado na manhã de quarta-feira, 13, no cemitério da cidade de Jacundá. Dois homens não identificados executaram a vítima com três tiros de arma de fogo. Em seguida, a dupla fugiu da cena do crime em duas motos. O assassinato aconteceu às margens do Lago de Tucuruí, na região conhecida por Vila do Alício, comunidade de Belauta, em Goianésia do Pará.

A viúva conta que seu companheiro trabalhava como pescador no Lago de Tucuruí havia muitos anos. “Vivíamos junto havia três anos. Ele até queria casar comigo, mas essa tragédia acabou o nosso sonho”. Ela estava na cidade de Jacundá quando soube do crime. “Fiquei sem palavras”, disse.

Marcos Tota foi executado quando chegou às margens do lago. Naquele momento poucas pessoas estavam no local. Dois homens estavam à espera dele. Os projéteis acetaram nas costas e cabeça do homem. Ele teve morte instantânea. Os desconhecidos fugiram em uma moto Bros e numa Pop. As poucas testemunhas informaram à equipe policial de Goianésia do Pará que não conhecem os atiradores. A unidade do Instituto Médico Legal de Tucuruí removeu o cadáver para necropsia e o corpo foi liberado na terça-feira, 12.

Deixe seu comentário