Paysandu vence o Tombense na Curuzu e volta ao G4 do Grupo A do Campeonato Brasileiro

Apesar de atuar com um jogador a menos desde os 16 minutos do primeiro tempo, o Papão venceu a primeira em casa
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print
Diego Matos marcou o gol da vitória do Paysandu (Foto: Fernando Torres)

Continua depois da publicidade

Finalmente o Paysandu Sport Club quebrou o jejum e venceu o primeiro jogo dentro de casa pelo Campeonato Brasileiro da Série C. Jogando na tarde deste sábado (31), o Papão venceu o Tombense (MG) por 1 a 0 no Estádio Leônidas Castro, a Curuzu, em Belém, partida válida pela décima rodada do Grupo A da competição nacional. Com o triunfo, o time bicolor voltou ao G4 e agora ocupa a terceira colocação, com 16 pontos.

O Paysandu jogou com um atleta a menos desde os 16 minutos do primeiro tempo, quando Ratinho cometeu uma falta mais forte e levou cartão vermelho. O único gol do jogo saiu aos 12 minutos da etapa final, depois que Marlon puxou contra-ataque e tocou para Diego Matos finalizar com tranquilidade para o fundo do barbante.

O Paysandu volta a campo contra o Botafogo (PB), no próximo domingo (8), às 18h, no Estádio José Américo de Almeida Filho, o Almeidão, em João Pessoa, partida que será válida pela 11ª rodada do Grupo A do Campeonato Brasileiro da Série C. 

O jogo: Papão venceu a primeira em casa!

O Paysandu chegou primeiro. Depois da cobrança de falta pela direita, Marlon chutou de primeira e a bola passou perto da meta do goleiro Felipe Garcia, mas a arbitragem assinalou impedimento do ataque bicolor. Logo aos 16 minutos, Ratinho cometeu uma falta mais forte e levou o cartão vermelho, deixando o Papão com um jogador a menos em campo. O time bicolor quase marcou depois que Luan Santos deu bom passe para Marlon, que chegou chutando para fora.

O Tombense deu a resposta com Ortega, que experimentou de fora da área e a bola passou assustando contra a meta de Victor Souza. O Papão quase abriu o placar em uma cobrança de falta, Bruno Paulista soltou a bomba e ela passou perto da meta do goleiro Felipe Garcia. Após cobrança de escanteio, Manoel levantou direto para o gol e Victor Souza deu um tapinha na bola, colocando para um novo escanteio – quase gol olímpico da equipe mineira.

Apesar de um a menos em campo, o Paysandu não se intimidou. Marlon cruzou da direita e Luan Santos desviou por cima da meta do Tombense. No segundo tempo, o Gavião-Carcará assustou na primeira chegada e, depois de um contra-ataque, Ortega chutou cruzado para boa defesa do goleiro Victor Souza. Quem marcou foi o Papão: Marlon puxou contra-ataque pela direita e tocou de lado para Diego Matos, que chutou para o fundo do barbante, aos 12 minutos, 1 a 0. 

O time mineiro teve uma boa chance com Vitinho, que se livrou da marcação e chutou – a bola passou perto da trave do goleiro Victor Souza. Em mais um contra-ataque bicolor, Rildo recebeu sozinho e chutou colocado, mas mandou longe do gol mineiro. O Tombense tentou o empate com Lucas Falcão, que cruzou e Pedrão desviou pela linha de fundo. Em uma falta para o Gavião-Carcará, Jean Lucas soltou a bomba e a bola passou perto da meta bicolor.

O Tombense teve a bola do jogo quando, em um contra-ataque, Rodrigo Carioca se livrou da marcação e chutou para a defesa de peito do goleiro Victor Souza. Placar final: Paysandu 1 x 0 Tombense. 

FICHA TÉCNICA

PAYSANDU: Victor Souza; Marcelo, Perema, Denilson e Diego Matos; Paulo Roberto (Jhonnatan), Bruno Paulista (Marino) e Ratinho; Marlon (Robinho), Luan Santos (Rafael Grampola) e Thiago Santos (Rildo).
Técnico: Roberto Fonseca

TOMBENSE: Felipe Garcia; Yago, Moisés, Bruno Bispo (Ramon Pereira) e Manoel; Eduardo Neto (Rodrigo Carioca), Gustavo (Lucas Falcão) e Jean Lucas; Ortega (Pedrão), Rubens e Marquinhos (Vitinho).
Técnico: Rafael Guanaes

  • Árbitro: Felipe da Silva Gonçalves Paludo (CBF/RJ)
  • Árbitro Assistente 1: Gabriel Conti Viana (CBF/RJ)
  • Árbitro Assistente 2: Rafael Sepeda de Souza (CBF/RJ)
  • Quarto Árbitro: Gustavo Ramos Melo (CBF/PA)
  • Cartões amarelos: Ratinho, Bruno Paulista e Roberto Fonseca (Paysandu); Eduardo Neto e Marquinhos (Tombense)
  • Cartão vermelho: Ratinho (Paysandu) 
  • Gol: Diego Matos, aos 12 minutos do 2° tempo para o Paysandu
  • Local: Estádio Leônidas Castro, a Curuzu, em Belém

Por Fábio Relvas