Pastor é preso suspeito de estuprar criança de 10 anos em Ananindeua

Crime ocorreu em 2021, dentro de uma igreja. Com mandado de prisão preventiva em aberto, ele foi localizado durante operação policial.

Continua depois da publicidade

A Polícia Civil cumpriu um mandado de prisão preventiva contra um pastor de 47 anos suspeito de estuprar uma criança de 10 anos em Ananindeua. De acordo com as investigações, o crime ocorreu em 2021, dentro da igreja que o pastor realizava cultos, no bairro Aurá.

Logo após ser denunciado, a justiça decretou a prisão preventiva contra o suspeito, que conseguiu fugir. Nesta quinta-feira (31), durante a operação policial ”Acredite em Mim”, que investiga casos de abusos contra crianças e adolescentes, o pastor foi localizado e preso.

As investigações apontaram que o suspeito se apresentava como pastor, realizava orientação religiosa e aproveitava a situação de ficar a sós com a vítima para cometer a violência sexual. Na época do crime, a família denunciou o caso à polícia e exames periciais comprovaram a violência contra a criança.

A polícia não informou se outras crianças foram vítimas do pastor. O nome dele não foi divulgado.