Parauapebas não segurou a força da Desportiva e perdeu pelo Campeonato Sub-17

Apesar da derrota, o PFC segue com chance de avançar para as quartas de final, mas vai depender de outros resultados
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

Continua depois da publicidade

O Parauapebas Futebol Clube entrou em campo contra a Desportiva Paraense, na tarde desta quarta-feira (13), no Estádio Castanheirão, em Palmares Sul, valendo ainda pelo jogo atrasado da 6ª rodada do Campeonato Paraense da categoria Sub-17. O PFC não aguentou a força da equipe de Marituba e perdeu, por 3 a 1, permanecendo com 12 pontos na classificação do Grupo A1, mas seguindo com chance de avançar para as quartas de final da competição.

O PFC tentou manter o mesmo ritmo que iniciou a partida contra o Pinheirense no último domingo, mas encontrou dificuldades com a forte equipe da Desportiva, considerada uma das melhores categorias de base do estado. Apesar de ter mais oportunidades de marcar de que o adversário foram os visitantes que aproveitaram três falhas para vencer o jogo. A primeira etapa terminou 2 a 1 para a Desportiva, que fechou o placar, em 3 a 1, já nos acréscimos do segundo tempo.

“Perdemos de 3 a 1 com três falhas inocentes do nosso time, porém tivemos maior número de chances para fazer o gol, mas não conseguimos concluir para as redes do adversário. Levamos 2 a 1 no primeiro tempo e acabamos pegando o terceiro gol nos acréscimos da etapa final. Agora é recuperar o time e vencer a equipe do São Francisco de Santarém no domingo”, afirmou João Paulo, técnico do Parauapebas.

Atualmente, o PFC é o quinto colocado em seu grupo e precisa da vitória diante do São Francisco na décima e última rodada da 1ª fase, mas ainda vai depender de duas combinações para avançar. Além de vencer o Leão Santareno, o Gigante de Aço vai precisar de tropeços de Castanhal e Izabelense, que vão jogar diante de Paysandu e Remo, respectivamente.

A partida entre Parauapebas e São Francisco, deverá ocorrer no próximo domingo (17), às 10h, em Carajás, no campo do Docenorte.

Publicidade