Parauapebas: Mais de 70 mil ainda não tomaram segunda dose da vacina contra Covid-19

Por conta disso, a Secretaria Municipal de Saúde convoca a população para completar a proteção, que pode ser feita em postos de saúde
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print
Mais de 70 mil pessoas não voltaram para tomar segunda dose da vacina contra a Covid-19 em Parauapebas

Continua depois da publicidade

Apesar da importância da proteção, mais de 70 mil pessoas não retornaram para tomar a segunda dose da vacina contra a Covid-19 em Parauapebas. A segunda dose da vacina é que garante mais eficácia na proteção contra a doença.

Por conta disso, a Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) convoca essa população a comparecer a um dos postos de saúde para completar a imunização. Segundo a Semsa, mais de 90% da população do município já recebeu a primeira dose.

Ao atualizar os dados, nesta segunda-feira (25), a Vigilância em Saúde (Visa) identificou o registro de 73.786 pessoas que ainda não tomaram a segunda dose, o que representa 42,3% da população. Visando estimular as pessoas à completar o ciclo de proteção, será realizado, no dia 14 de novembro, uma ação, onde se projeta imunizar mais de 14 mil pessoas.

“As pessoas devem concluir a vacinação o mais rápido possível. Tomar a segunda dose é fundamental para a contenção das novas variantes, que estão se espalhando pelo país. É importante se vacinar para evitar um novo fechamento de shoppings, casas de shows, bares e restaurantes. Cada um de nós tem uma responsabilidade imensa, nesse momento, com a preservação da vida, da economia e dos empregos”, alerta Michele Ferreira, diretora da Visa.

Ela observa que as vacinas têm um prazo de validade, ou seja, possuem tempo determinado para serem utilizadas. Por este motivo, há uma grande preocupação das autoridades sanitárias para o risco iminente de desperdício, caso a população não tome a segunda dose.

A expectativa da Semsa é que até o dia 14 de novembro os faltosos marquem presença nos postos de vacinação, que disponibilizam as vacinas Astrazeneca, Coronavac e Pfizer. A Semsa alerta que, esta semana, a Secretaria de Saúde do Estado do Pará (Sespa) confirmou casos da variante Gama no município vizinho de Canaã dos Carajás. A variante, segundo o Ministério da Saúde (MS), é duas vezes mais transmissível, letal e infecciosa. Confira abaixo os pontos de vacinação e horário de funcionamento:

Segunda a sexta-feira – 16h às 21h

•             UBS – Minérios

•             UBS – Nova Carajás

•             UBS – Liberdade I

Sábado e Domingo – 12h às 20h

•             Partage Shopping

Tina DeBord