Parauapebas goleia Castanhal e entra na briga por uma vaga na semifinal do 1º turno

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on twitter
Twitter
Share on print
Imprimir

Continua depois da publicidade

FUTB 3O Parauapebas voltou a jogar bem e goleou fora de casa o Castanhal, no Campeonato Paraense 2015, na noite desta quarta-feira (11), no estádio Maximino Porpino, o Modelão. O PFC venceu, por 3 a 0, com autoridade e avançou da terceira para a segunda colocação do Grupo A1 com seis pontos conquistados e entrou de vez na briga por uma das vagas para a semifinal do 1º turno. O curioso da partida foi que os três gols foram marcados em cobrança de falta, Régis duas vezes e Juninho.

O jogo começou com forte marcação e muitas faltas no meio de campo. Em uma das faltas, o atacante Clayton Boca do Castanhal, teve que ser substituído por levar uma entrada mais forte. Nenê Apeú entrou em seu lugar. O meia Régis driblou a marcação, mas chutou por cima da meta de André Luis. O Japiim da Estrada respondeu com Reis, que cruzou na medida para o atacante Nenê Apéu, só que o jogador se atrapalhou todo com a bola.

FUTB 2

Os times continuaram a errar passes e finalizações. Magno arrancou pelo meio e mandou um chutaço, a bola subiu sobre o telhado de André Luis. O Castanhal não deixou por menos, quando Geovane cruzou para Reis, que dominou com estilo e bateu forte, mas a bola foi longe da meta do goleiro Paulo Rafael. Quem chegou ao gol foi o Parauapebas. Régis cobrou falta, a bola passou por baixo da barreira e enganou André Luis, aos 42 minutos. Com futebol feio e com poucas chances de gol, a torcida do Japiim começou a vaiar o time.

Mas os fanáticos torcedores do Castanhal mal sabiam que o pior estava por vir. Mais uma vez o meio campo Régis soltou a pancada em cobrança de falta e colocou a bola para o fundo do gol. Os donos da casa se perderam em campo e sentiram o gol do adversário. Mesmo com mudanças do técnico Carlos Alberto Dias, o time castanhalense não conseguiu render o esperado. Em mais uma cobrança de falta, Juninho marcou com perfeição e decretou a goleada do PFC, aos 29 minutos.

“Isso é fruto do nosso trabalho. A gente plantou o que colheu durante a semana. Estou muito feliz pelos gols, mas estou feliz pelo grupo também. Pela garra e determinação” afirmou Régis, destaque da partida.

FICHA TÉCNICA

Castanhal: André Luis; Lisa, Bruno, Halysson e Lineker; Léo, Magson (Maninho), Billy e Geovane (Paulo André); Clayton Boka (Nenê Apeú) e Reis. Técnico: Carlos Alberto Dias

Parauapebas: Paulo Rafael; Rodrigo Siqueira, Negretti, Henrique e Mocajuba; Léo, Dedeco, Régis e Juninho (Wasley); Magno (Célio Codó) e Evandro. Técnico: Léo Goiano

Cartões amarelos: Lisa (Castanhal) e Rodrigo Siqueira (Parauapebas)

Árbitro: Wasley do Couto.

Assistentes: Heronildo Sebastião Freitas da Silva e Milton do Socorro Alves de Souza

Quarto árbitro: Joquetam Moreira Guimarães

Local: Estádio Maximino Porpino Filho, o Modelão

Renda: R$ 6.480,00

Pagantes: 649  –  Credenciados: 192  – Total: 841

Fonte : Fábio Relvas

 

Publicidade

Relacionados