Parauapebas: Áudios com ameaças de invasão voltam a deixar a comunidade escolar em pânico

Novamente, como no início do mês, tudo não passou de fake news. Desde as primeiras horas da manhã Polícia Militar e Guarda Municipal estiveram nas escolas com ação preventiva

Continua depois da publicidade

Em Parauapebas, voltou a se repetir, nesta quinta-feira (19), o episódio ocorrido no último dia 4, quando postagens em grupos de WhatsApp, ameaçavam que haveria uma chacina na Escola Eurides Santana. Desta vez, logo cedo, na manhã de hoje, mensagens em áudios alertavam, que facções criminosas atacariam várias escolas da cidade, levando à mobilização da Guarda Municipal e da Polícia Militar.

Entretanto, novamente tudo não passou de fake news. Em vídeo divulgado nas redes sociais, o secretário municipal de Segurança Institucional de Parauapebas, Dênis Assunção, tranquilizou a população, informando que nada havia de concreto e garantiu que tanto a GMP quanto a PM estavam atentos, assim como a Polícia Civil, que investiga de onde partiram as ameaças que deixaram a comunidade escolar em pânico.

Pela PM, o tenente-coronel Gledson Santos, comandante do 23º Batalhão, disse que teve conhecimento dos áudios ameaçadores e reforçou o policiamento nas escolas, não que estivesse acreditando que de fato haveria um ataque “mas para trazer a sensação de segurança de volta aos funcionários e alunos” dos estabelecimentos de ensino.

“Não tem nenhum indício de que vá ocorrer coisa parecida ou alguma situação de invasão de escola. Tivemos alguns áudios, já há alguns dias, circulando, da mesma natureza, nada foi confirmado. A gente crê que seja até mesmo algum aluno com uma brincadeira de mau gosto”, disse o oficial, afirmando que a PM não vai deixar que a comunidade escolar “seja tomada “pelo medo, pelo pavor em seu local de estudo e de trabalho”.

(Caetano Silva)

1 comentário em “Parauapebas: Áudios com ameaças de invasão voltam a deixar a comunidade escolar em pânico

  1. Édson Responder

    Meu neto estava na Escola d em ficaram assustados
    Quem fez este comentário foram pegos ?
    Colocaram policiamento nas escolas ?
    Se meu neto não for na escola,acionam i conselho tutelar
    E agora o Problema deste ocorrido quem vai resolver ?

Deixe seu comentário

Posts relacionados

%d blogueiros gostam disto: