Brasil

Parauapebas assina convênio inédito com Ministério da Saúde

Com a visita do Ministro da Saúde Luiz Henrique Mandetta à capital paraense hoje, dia 19 de setembro, em compromisso junto com governador Helder Barbalho, quando participaram da inauguração do Hospital Dr. Abelardo Santos, várias boas notícias foram transmitidas ao povo do estado do Pará, e em particular aos munícipes de Parauapebas.

Ao evento estiveram presentes o secretário municipal de saúde de Parauapebas, Sr. Gilberto Laranjeiras e o diretor do Hospital Geral de Parauapebas, Sr. Eduardo Tuma. Eles receberam com grande satisfação a notícia de que pleitos do município que se arrastavam há anos foram atendidos pelo Ministério da Saúde. Trata-se da habilitação de dez leitos de UTI adulto e dez equipamentos para a realização de hemodiálise. Doravante, os serviços serão mantidos graças à liberação de recursos federais e estaduais, O êxito dessa empreitada se deu graças ao apoio do secretário de estado de Saúde, Dr. Alberto Beltrame.

Na oportunidade, o Ministro de Saúde anunciou, ainda, a destinação de R$ 1,9 milhão para custeio e investimento visando o fortalecimento da Atenção Básica do município. Com isso, Parauapebas passa a contar com um reforço de mais de R$ 3 milhões anuais em repasses federais e estaduais, possibilitando maior agilidade para a saúde de Parauapebas.

“Nós lutamos muito tempo para habilitar esses serviços, desde abertura do Hospital Geral, em 2016. O município custeava esse serviços sozinho, assim, priorizei na minha gestão a busca incansável no Ministério da Saúde e com o Secretário de Estado o Dr. Alberto Beltrame, os quais nos estenderam as mãos e nos ajudaram a chegar nesse momento. Fico feliz de estar com uma equipe excelente na secretaria, se esforçando para melhorar a saúde da população, e essas habilitações nos garantem um passo a mais em direção à uma saúde cada dia melhor em Parauapebas. Na oportunidade agradeço também ao nosso prefeito Darci pela confiança e apoio nesse grande trabalho pela saúde do nosso município”, afirmou o Secretário de Saúde, Gilberto Laranjeiras.

Desde sua inauguração, ainda no governo Valmir Mariano, o Hospital Geral de Parauapebas vem atendendo pacientes de toda região do entorno de Carajás, o que eleva substancialmente o custo operacional do HGP. Com esses recursos, os serviços de Tratamento Intensivo, que têm por objetivo prestar atendimento a pacientes graves e de risco que exijam assistência médica e de enfermagem ininterruptas, além de equipamento e recursos humanos especializados, serão estabelecidos por conta do convênio, e o orçamento da saúde local terá um respiro, liberando recursos para que investimentos em outras áreas possam ser retomados.

Ao todo, o Ministério da Saúde liberou R$ 266,7 milhões para reforçar a atenção à saúde no Pará, Os recursos federais serão usados para o fortalecimento da assistência prestada à população que busca o Sistema Único de Saúde (SUS). Os recursos vão permitir, por exemplo, a habilitação de novas Unidades de Pronto Atendimento (UPA) e leitos de UTI. Ao todo, são 132 municípios paraenses contemplados.

Foto: Erasmo Salomão / ASCOM MS

Deixe seu comentário